Em 10 anos, mortos em acidentes com motos aumentam mais de 200%

    24/9/2013 – O número de mortes em acidentes de trânsito no Brasil envolvendo motocicletas aumentou 263,5% em 10 anos, de acordo com dados do Sistema de Informações de Mortalidade, criado pelo Ministério da Saúde. Em 2011, foram registradas 11.268 vítimas fatais em ocorrências desse tipo no país, contra 3.100, em 2001. Integrando a série de ações alusivas à Semana Nacional de Trânsito, celebrada entre 18 e 25 de setembro, o Projeto Escola Arteris, desenvolvido pelas concessionárias Autovias e Vianorte, promoverá, nos dias 24 e 25 (terça e quarta-feira), a campanha Viva Motociclista, com o objetivo de oferecer serviços gratuitos e noções de segurança aos usuários que trafegam sobre duas rodas nas rodovias da região.

    No trecho da Vianorte, a atividade acontecerá, na terça-feira, na Rodovia Armando de Salles Oliveira (SP-322), à altura do quilômetro 358 (sentido Pitangueiras-Sertãozinho), das 7 às 17 horas. No dia seguinte (quarta-feira), das 8 às 17 horas, será a vez dos motociclistas que passarem pela Via Anhanguera (SP-330) receberem os serviços gratuitos, no trecho da Autovias. A estrutura de atendimento será montada na marginal Sul (sentido Ribeirão Preto-São Paulo), no quilômetro 312 da rodovia. A ação tem o apoio da PMRv (Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo). No total, desde 2007, as edições da Viva Motociclista promovidas pelas concessionárias prestaram mais de 7 mil atendimentos.

    Serviços oferecidos

    A Santa Emília Honda oferecerá, gratuitamente, um checklist nas motocicletas, verificando os itens de segurança. Exames de pressão arterial, medição de peso, altura, IMC (Índice de Massa Corpórea) e batimentos cardíacos serão realizados pela São Francisco Resgate. Depois de traçar, por meio de questionário, um perfil dos motociclistas, os profissionais da concessionária distribuirão antenas retráteis anticerol e redinhas (tipo aranha) para transporte de pequenos objetos nas motocicletas, além de folhetos com dicas de segurança. “Ao participarem da campanha, os motociclistas colaboram para que as concessionárias tracem um perfil mais detalhado de suas necessidades, além de verificar se a saúde está em dia. Dessa forma, podemos construir juntos um trânsito mais seguro e humano para todos”, conclui a coordenadora Pedagógica Corporativa do Projeto Escola Arteris, Maria José Finardi.

    Sobre o Projeto Escola Arteris/Autovias – O Projeto Escola Arteris passou a ser desenvolvido nas cidades lindeiras ao trecho da Autovias em 2008. Nesse período já foram beneficiados 35.317 alunos e 1.793 professores em 92 escolas de nove cidades – Araraquara, Batatais, Brodowski, Cravinhos, Franca, Luiz Antônio, Restinga, Santa Rosa de Viterbo e São Simão. Seu foco são professores, orientadores pedagógicos, diretores e alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos) de escolas públicas municipais e estaduais. O programa conta com apoio da PMRv (Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo) e da Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo). O Projeto Escola Arteris/Autovias já recebeu o Prêmio Volvo de Segurança no Trânsito, o 9º Prêmio Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) de Educação no Trânsito e o Prêmio IBTTA de Responsabilidade Social, entre outros. Foi incluído, também, em um catálogo de boas práticas promovido pelo Unicef (Órgão das Nações Unidas para a Infância), pela Organização Não-Governamental SavetheChildren e pelo Pacto Global das Nações Unidas.

    Sobre o Projeto Escola Arteris/Vianorte – O Projeto Escola Arteris passou a ser desenvolvido nas cidades lindeiras ao trecho da Vianorte em 2007. Nesse período, já foram beneficiados 28.893 estudantes e 1.565 professores de 45 escolas de 14 cidades – Ribeirão Preto, Sertãozinho, Bebedouro, Pitangueiras, Sales Oliveira, Igarapava, Ituverava, Jardinópolis, Orlândia, Guará, São Joaquim da Barra, Viradouro, Nuporanga e Pontal. Seu foco são professores, orientadores pedagógicos, diretores e alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos) de escolas públicas municipais e estaduais. O programa conta com apoio da PMRv (Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo) e da Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo). O Projeto Escola Arteris/Vianorte já recebeu o Prêmio Volvo de Segurança no Trânsito, o 9º Prêmio Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) de Educação no Trânsito e o Prêmio IBTTA de Responsabilidade Social, entre outros. Foi incluído, também, em um catálogo de boas práticas promovido pelo Unicef (Órgão das Nações Unidas para a Infância), pela Organização Não-Governamental SavetheChildren e pelo Pacto Global das Nações Unidas.

    Em 10 anos, mortos em acidentes com motos aumentam mais de 200%

    Website: http://milagredoverbo.wordpress.com/

    Previous articleSenac Três Passos abre matrículas para o curso Ações Eficazes em Vendas
    Next articleUberlândia tem semifinalista no Prêmio Jovens Inspiradores