São Paulo, SP 14/1/2021 – A escolha entre Java e Python deve ser guiada por três pilares: objetivo, possibilidades e oportunidades
Java e Python estão entre as cinco linguagens mais utilizadas por grandes empresas. Apesar das semelhanças, elas atendem a objetivos e princípios diferentes.

Python e Java são linguagens de programação muito populares e conhecidas por serem versáteis e completas. Por terem certa semelhança, alguns programadores ficam em dúvida sobre qual aprender ou utilizar.

Java tem como princípio ser uma linguagem universal, capaz de rodar em todas as plataformas ou sistemas operacionais, para qualquer aplicação. Atualmente, pertence à Oracle, uma das maiores empresas de software no mundo. Já a Python tem como princípio a legibilidade e facilidade, sendo uma linguagem mais intuitiva. Está muito ligada a um grande volume de dados.

O Shift, departamento do Centro Universitário FIAP responsável por cursos de curta duração, analisou relatórios das linguagens de programação mais utilizadas por grandes empresas, verificando que Java e Python sempre aparecem no Top 5. Diante disso, a instituição resolveu lançar dois cursos de imersão com foco nestas linguagens.

Estes cursos têm formato concentrado, com cerca de 100 horas distribuídas em três a cinco meses, onde o aluno passa por uma jornada que vai da introdução até o nível avançado. O público-alvo dos cursos Java Xpert e Python Journey é composto por pessoas que querem entrar no mundo da tecnologia pela “porta” da programação, ou por quem já atua em áreas relacionadas à TI, mas quer desbravar o mundo dos códigos.

O formato “imersivo” é, segundo Renato Kimura, diretor do FIAP Shift, “um convite a um mergulho no aprendizado acelerado”. Este movimento atende um mercado com alta demanda por pessoas programadoras, que precisam migrar de área ou aprender com agilidade e qualidade uma nova competência em sua área de atuação.

“Quando aprendemos uma nova linguagem de programação, é super importante compreender como ela pode ser utilizada, quais as demandas de mercado, as oportunidades que ela habilita o aluno a pleitear e o objetivo de carreira. A escolha deve ser guiada por estes três pilares: objetivo, possibilidades e oportunidades” finaliza Renato Kimura, esclarecendo a dúvida sobre o que escolher: Java ou Python.
Python x Java: como escolher entre as duas linguagens de programação mais populares

Website: http://www.fiap.com.br