Números levantados pelo Banco Central comprovam benefícios do Cadastro Positivo com inclusão automática

    São Paulo 22/6/2021 – Os birôs gerenciadores do banco de dados do Cadastro Positivo já contabilizam a inclusão de informações financeiras de cerca de 100 milhões de consumidores e empresas

    O banco de dados do Cadastro Positivo, que completa dois anos de vigência em julho próximo, já possui informações de cerca de 100 milhões de consumidores e empresas, um número que vai se expandir com a entrada dos dados das operadoras de telecomunicações, que já está ocorrendo, e das empresas de energia elétrica, saneamento e gás, que entrarão no futuro.  

    Nesse período, o Cadastro Positivo confirma vários dos benefícios previstos em sua implementação. Entre eles sua capacidade de promover a inclusão financeira, a expansão do crédito, a competição no segmento e a redução na taxa de juros praticada em operações de crédito. 

    O relatório “Análise dos Efeitos do Cadastro Positivo”, que o Banco Central enviou recentemente ao Congresso Nacional, constata, por exemplo, que novos tomadores de crédito com pontuação no Cadastro Positivo tiveram, em média, uma redução de 10,4% na taxa de juros cobrada no crédito pessoal excluindo consignado.

    Outros dados como percentual de consumidores que melhoraram a nota de crédito e empresas que migraram para a faixa de menor risco para a tomada de crédito estão no infográfico desenvolvido pela Associação Nacional dos Bureaus de Crédito (ANBC). Números levantados pelo Banco Central comprovam benefícios do Cadastro Positivo com inclusão automática

    Previous articleKymeta entra para o programa piloto da Equipe de Combate da Brigada Blindada do Exército dos EUA
    Next articlePattern Computer descobre novos e inovadores métodos para reduzir atrasos de voos