NOVIDADES

Cibercrime e risco político mudam norma ISO 31000 de Gestão de Riscos


by 19 de fevereiro de 2018 0 comments

A Organiza√ß√£o Internacional de Normaliza√ß√£o (International Organization for Standardization ‚Äď ISO) publicou a vers√£o revisada da ISO 31000, Gest√£o de Riscos – Diretrizes. O ISO 31000: 2018 √© um guia mais focado e mais claro para ajudar as organiza√ß√Ķes a melhorar o planejamento e a tomada de decis√Ķes por meio do uso de princ√≠pios de gerenciamento de riscos. As mudan√ßas foram promovidas pelo cen√°rio atual que amea√ßa muitas empresas. Os danos √† reputa√ß√£o ou √† marca, crime cibern√©tico, risco pol√≠tico e terrorismo s√£o alguns dos riscos que as organiza√ß√Ķes privadas e p√ļblicas de todos os tipos e tamanhos do mundo devem enfrentar cada vez mais.

Para gerenciar todos esses tipos de riscos nas organiza√ß√Ķes, acaba de ser lan√ßada a nova vers√£o da ISO 31000 – Gest√£o de riscos – Diretrizes, que substitui a atual ISO 31000:2009. A norma fornece diretrizes gerais para gerenciar riscos, em quaisquer atividades, incluindo a tomada de decis√£o em todos os n√≠veis. Al√©m disso, fornece tamb√©m uma abordagem comum que pode ser personalizada para cada tipo de organiza√ß√£o e seus contextos.

A revis√£o da norma oferece um guia mais claro, mais curto e mais conciso que ajudar√° as organiza√ß√Ķes a usar os princ√≠pios de gerenciamento de risco para melhorar o planejamento e tomar melhores decis√Ķes. A seguir est√£o as principais mudan√ßas desde a edi√ß√£o anterior:

‚ÄĘ Revis√£o dos princ√≠pios da gest√£o de riscos, que s√£o os principais crit√©rios para o seu sucesso;
‚ÄĘ Foco na lideran√ßa da alta administra√ß√£o, que deve assegurar que o gerenciamento de riscos seja integrado em todas as atividades organizacionais, come√ßando pela governan√ßa da organiza√ß√£o;
‚ÄĘ Maior √™nfase na natureza iterativa da gest√£o de riscos, aproveitando novas experi√™ncias, conhecimento e an√°lise para a revis√£o de elementos de processo, a√ß√Ķes e controles em cada etapa do processo;
‚ÄĘ Racionaliza√ß√£o do conte√ļdo com maior foco na manuten√ß√£o de um modelo de sistemas abertos que regularmente troque feedback com seu ambiente externo para atender a m√ļltiplas necessidades e contextos.

No Brasil, esta nova versão foi elaborada pela Comissão de Estudo Especial de Gestão de Riscos (ABNT/CEE-063) e será lançada em breve como Norma Brasileira (NBR), substituindo a versão vigente de 2009.

Consulta
O texto em portugu√™s contou com a participa√ß√£o de 69 profissionais de v√°rias empresas de diversos segmentos e est√° em Consulta Nacional at√© o dia 08 de mar√ßo. Esta consulta tem como objetivo divulgar o projeto para os interessados recebendo coment√°rios e voto de aprova√ß√£o (ou n√£o) como Norma Brasileira. Caso existam observa√ß√Ķes e obje√ß√Ķes t√©cnicas, estas ser√£o analisadas antes que seja publicada como Norma Brasileira. Para visualizar o documento acesse www.abntonline.com.br/consultanacional.

Outras normas de gestão de riscos e gestão de continuidade de negócios (GCN) estão sendo trabalhadas pela ABNT/CEE-063

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de coment√°rios s√£o processados.