NOVIDADES

“Cinturão digital” reduz roubos e furtos de veículos em Jundiaí

“Cinturão digital” reduz roubos e furtos de veículos em Jundiaí




por 1 de julho de 2015 0 comentários

cinturao_digital_jundiaiUma nova tecnologia adotada em Jundiaí, no interior paulista, ajudou na redução de 23% dos roubos e  furtos  de veículos desde a sua instalação. Câmeras de monitoramento instaladas na cidade fazem as  leituras das  placas de veículos criando um cinturão digital que beneficia outras dez cidades da região.

As câmeras registram, em média, 5 milhões de fotografias por dia que permitem traçar o caminho percorrido  pelo veículo suspeito e o tempo em que permaneceu na cidade. “O trabalho integrado entre as principais forças da segurança da cidade e do Estado tem a tecnologia de ponta como aliada. Isso é um grande passo para que a comunidade possa se sentir mais segura. Nosso objetivo é diminuir cada vez mais os índices de violência em Jundiaí”, garante o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), José Carlos Pires.

Desde 2013, quando começou a operar efetivamente, o novo sistema foi responsável pelo esclarecimento de metade dos casos de furtos e roubos na cidade. Na prática, se um veículo é furtado ou roubado em outra cidade e passa por um dos pontos monitorados, o sistema aciona automaticamente um alarme na base da Guarda Municipal, que consegue ter a localização dos criminosos em tempo real para proceder com a busca e abordagem.

“Este trabalho tem como meta a prevenção e o combate da violência e da criminalidade dentro da política adotada pelo governo do prefeito Pedro Bigardi. É um orgulho que sirva de exemplo para o País”, diz o comandante da Guarda Municipal, José Roberto Ferraz.

Ferraz lembrou que com essa tecnologia é possível desenvolver um mapa com os números da criminalidade. “Sabemos, por exemplo, o horário de maior incidência de furtos e roubos de veículos na cidade, das 8h às 11h”, comentou. O trabalho integrado por meio de câmeras desenvolvido pelas cidades também permite a GM a obter dados sobre quais os pontos do município com maior índice de furtos e roubos, o bairro e até a rua.

A tecnologia também é usada no compartilhamento de informações para a elaboração de um plano de segurança com foco nas regiões onde há maior incidência de crimes. Dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo mostram que 814 veículos foram alvo de furtos e roubos no município, entre janeiro e maio deste ano, uma redução de 20,89% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Fonte: Radar Nacional

Nenhum comentário ainda

Seja o primeiro a comentar

Ainda não há comentários

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.