Home Cultura Edifícios verdes crescem mais de 20% na pandemia

Edifícios verdes crescem mais de 20% na pandemia



Os dois anos de pandemia aumentaram significativamente o ritmo de expansão das construções sustentáveis no Brasil. O país que ocupa o quinto lugar no mundo em edifícios certificados teve um crescimento de mais de 22% nesse período de acordo com o Green Building Brasil.

O tema da mudança climática está na pauta de empresas de diversos segmentos e até por conta disso, cada vez mais empresas estão assinando compromissos de reduzir suas emissões de carbono.

Dentre as principais mudanças na concepção desses novos empreendimentos está a combinação de projetos que incorporem princípios da arquitetura bioclimática e tecnologias avançadas, que vão desde a localização dos empreendimentos, sempre próximos a linhas de transporte coletivo de massa, até mesmo a simulação computacional para analisar a incidência solar para definir a melhor orientação da edificação. Desde a obra, são necessárias boas práticas durante a execução do edifício e a instalação dos sistemas de geração de energia incorporados, assim como soluções que garantam uma operação mais racional. Essas soluções envolvem o uso inteligente de climatização, luz natural, materiais otimizados, coberturas e fachadas verdes, energias renováveis, entre outras.

Roberto Miranda de Lima, CEO da Autonomy – empresa que, recentemente, buscou adotar no projeto de sua nova torre na zona sul de São Paulo (LUNA) as principais tecnologias para facilitar a redução de carbono, pontuou que tal atitude visa não apenas o presente: “A pegada de carbono e a preocupação com o bem-estar dos usuários definirão as próximas décadas”.



Considerando essa vertente arquitetônica, com a motivação de redução na emissão de carbono, bancos como Itaú BBA e Santander abriram linhas de crédito destinadas a construções verdes. Lima comenta ainda que “a grande mudança que vimos nos últimos anos é a percepção do risco associado às mudanças climáticas, levando investidores a direcionar recursos para ativos verdes mais seguros e de alto desempenho”. destacou Lima.

Para mais informações basta acessar: www.autonomyinvestimentos.com.br

Edifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemiaEdifícios verdes crescem mais de 20% na pandemia

Previous articleFranchising chega ao quarto trimestre de altas consecutivas
Next articleLei Geral de Proteção aos Dados facilita uso seguro dos serviços em nuvem
Diretor de Conteúdo do Portal Vida Moderna