Home Cultura Estudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiro

Estudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiro



Pela primeira vez no Brasil, o setor nupcial ganhou um estudo 360º sobre como funciona o mercado de casamentos no país. A pesquisa –  realizada com 2.501 empresas do setor e 4.250 casais – foi encabeçada por Casamentos.com.br, marketplace que faz parte do grupo The Knot Worldwide (TKWW) – líder mundial para o setor de casamentos –  em parceria com o professor Carlos Torrecilla, da escola de negócios ESADE.

A análise das respostas resultou em um extenso raio-x do setor e deu origem ao Livro Imprescindível dos Casamentos, lançado no país em um momento de recuperação do setor depois do forte impacto provocado pela pandemia do novo coronavírus em 2020.

“O retorno dos casamentos já é mais sentido nos Estados Unidos e em países da Europa como Itália, França e Espanha. Nesses países, notamos um crescimento de 20% no número de matrimônios em 2022 e tudo indica que o Brasil passará pelo mesmo processo. Por isso, um livro com dados sobre a organização dos casamentos no país chega na melhor hora”, explica Juliana Gallo, vice-presidente de vendas para a América Latina e Índia.

A pesquisa confirma que o processo de digitalização do setor nupcial avançou na última década. O estudo mostra que 81% dos casais buscam fornecedores e organizam o casamento com a ajuda de aplicativos, além de usarem a internet para encontrar ideias, pedir opiniões e conferir trabalhos e recomendações.

Além disso, mais da metade dos entrevistados (53%) revelou ter encontrado o espaço do casamento pela internet, 75% fizeram as buscas por meio do celular e 25% desistiram de alugar um local por conta da demora da resposta do fornecedor. Os casais brasileiros também preferem encontrar um novo espaço a mudarem o dia escolhido para o enlace (55%). 

O conjunto de informações deve servir como uma forma de facilitar o profissionalismo e a especialização de fornecedores. “Existe um grande potencial de trabalho e uma grande oportunidade”, afirmou o diretor da Google Customer Solutions no Brasil, Rodrigo Rodrigues, na introdução do Livro.

Para Gallo, é fundamental que profissionais do setor se mantenham informados para crescerem. “Em um ambiente de constante mudança, devemos nos manter atualizados com as novas tendências de marketing, de vendas e das últimas novidades para poder aplicá-las em nossas empresas”, complementa.

Como é um casamento no Brasil

O livro também deve auxiliar os casais tanto com informações gerais sobre pedidos de casamento e fornecedores mais buscados quanto à previsão dos gastos e organização do casamento. Ainda conforme o estudo, os noivos brasileiros têm, em média, 29 anos, e a maior parte não tem filhos (80%). A pesquisa também mostrou uma média de 9 fornecedores contratados por casamento e 12 meses investidos na organização do evento.

O fornecedor mais caro é o buffet: em média os casais desembolsam R$ 10.734 com esse serviço, seguido pelo o aluguel do espaço onde será realizado o evento (média de R$ 8.128) e os gastos com a lua de mel (média de R$ 6.880). 

Já a média de convidados faltantes em todo o país é de 25 pessoas por casamento, ou 13% do número de convidados, impactando os gastos finais com o evento. Considerando as cinco regiões do país, o valor médio de um casamento é de R$ 45.923 para 180 convidados.

Os dados e informações são do ano de 2019, último ano de atividade normal do setor e, por isso mesmo, correspondem a um retrato mais próximo do tradicional casamento brasileiro. A radiografia sobre como são os enlaces e os principais processos pelos quais um casal passa para organizar o evento no Brasil pode ser baixada gratuitamente clicando em aqui.

Estudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiroEstudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiroEstudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiroEstudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiroEstudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiroEstudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiroEstudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiroEstudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiroEstudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiroEstudo revela raio-x sobre o setor nupcial brasileiro

Previous articleConstruir uma casa no Brasil está mais caro
Next articleAo menos 1.117 cidades não se adequam ao Marco do Saneamento