Home CORPORATE Transformação Digital Hacker vende 117 milhões de senhas do Linkedin na “dark web”

Hacker vende 117 milhões de senhas do Linkedin na “dark web”

Um hacker que assina como Peace está vendendo milhares de senhas e e-mails de usuários do Linkedin. O anúncio foi publicado em um mercado negro do lado obscuro e de difícil acesso da internet, conhecido como dark web.

Peace disse ao noticiário Motherboard que os dados foram conseguidos em uma brecha que afetou o Linkedin em 2012. Ao todo, ele diz possuir, 117 milhões de senhas e e-mails de quem usa a rede social famosa por ter um perfil mais corporativo e sério.

O preço colocado no comércio eletrônico do The Real Deal é de 5 bitcoins, pelo valor médio dos últimos dias da moeda virtual isso daria perto de US$ 2.200. Para provar que está de posse dessas informações pessoais, Peace publicou uma amostra do conteúdo surrupiado. No mesmo fórum, ele mostrou um pacote com 6,5 milhões de senhas criptografadas.

O fórum de informações vazadas LeakedSource divulgou que obteve acesso também a essas senhas do Linkedin. De acordo com nota publicada, o prejuízo pode alcançar mais usuários. O site informa que o pacote tem, no total, 167 milhões de contas com senhas e os 117 milhões são os que possuem ainda o e-mail.

Desde 2012
Um representante do site disse que as pessoas não levaram muito a sério o vazamento em 2012, já que nada foi usado. De acordo com essa fonte, o banco de dados foi mantido guardado por um grupo russo de hackers que comercializa essas informações. Aparentemente, Peace conseguiu roubar esse grupo.

O Linkedin disse que está investigando o assunto. Vários usuários mantém a mesma senha desde aquela época e o conselho mais útil no momento é que troquem o login para evitar prejuízo. Quem utiliza a mesma senha para vários serviços de redes sociais deve fazer isso ainda mais urgentemente.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

Previous articleGoogle transmitirá conferência I/O em 360 graus ao vivo
Next articleDell anuncia programa de parcerias para internet das coisas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.