A Oracle anunciou a aquisição da empresa de software e serviços em cloud para o setor de construção civil, Textura, por US$ 663 milhões. A negociação envolve o pagamento de US$ 26 por ação aos detentores do papel, um preço cerca de 30% maior do que o último pregão.

A Textura oferece soluções bem segmentadas para o setor de construção civil. Seu software de fatura e pagamentos ajuda empreiteiros de um projeto a apresentar contas e gerenciar pagamentos de forma on line. Várias grandes corporações do setor são clientes da empresa adquirida. O comunicado oficial da Oracle cita que o software Textura será parte do projeto Primavera, para o setor de construção.

A empresa comprada fica em Deerfield, perto de Chicago. Anteriormente, a Oracle adquiriu outras empresas nessa região como a BigMachines, em 2013, que usa cloud para gerenciamento de clientes e costumeiramente é instalado junto com um Salesforce.com.

A Textura se lançou como uma empresa pública em 2013, com suas ações subindo 40% e alcançando bons valores no IPO. A empresa foi criada por antigos consultores da PwC, Patrick Allin, Bill Eichborn e Howard Niden. O sucesso inicial foi estrondoso e permitiu a empresa a fazer uma segunda rodada de investimento.

Oscilações de mercado
Contudo, tudo foi estancado com várias oscilações de mercado. Embora o valor das ações tenha dobrado nos meses seguintes do IPO, ele despencou de US$ 43 para US$ 13 nos últimos meses. Isso levou o maior acionista da Textura, Northwater Capital, a recomendar o conselho a considerar a venda da empresa, no ano passado, para que conseguisse condições de enfrentar a crise.

Todos os produtos e funcionários da Textura estão envolvidos na compra, vindo junto na negociação.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br