Home CORPORATE Pesquisas apontam que viajantes pós-Covid-19 querem viajar de modo seguro

Pesquisas apontam que viajantes pós-Covid-19 querem viajar de modo seguro



Várias pesquisas apontam que o viajante do mundo pós-Covid-19 deseja segurança e bem-estar. Esta percepção é sinalizada, por exemplo, pela pesquisa realizada pelo grupo internacional Accor, que opera 5.200 hotéis de 40 marcas em 110 países. O grupo publicou recentemente um relatório de “Tendências de Viagem ao Norte da Europa”, revelando alguns insights surpreendentes sobre as tendências de viagens naquela região. Esta pesquisa identificou que quase 80% dos 2.000 entrevistados planejavam sair de férias em 2022 e um terço dos mesmos pesquisados admitiram que suas prioridades mudaram nestas viagens. Embora o apetite por viagens seja grande, o estudo indica que cerca de 1 a cada 5 viajantes (22%) tem novas exigências de viagem após a pandemia mundial. Dos entrevistados, 31% querem garantia de saúde e zelam por padrões de segurança. Cerca de 1 em cada 5 viajantes (19%) estaria disposto a pagar mais por um quarto de hotel com alta reputação no quesito limpeza.

Com o fim das restrições sanitárias e com a mudança nos protocolos relacionados à Covid-19 por quase todos os países no globo, milhares de turistas estão igualmente optando por férias em destinos estrangeiros na busca de bem-estar físico e mental. Cruzar fronteiras, desfrutar das prorrogadas férias e aventurar-se por culturas estrangeiras é uma demanda latente, porém as pesquisas demonstram que os viajantes estão agora mais rigorosos. Dados divulgados recentemente pela plataforma TripIt, sediada em São Francisco nos Estados Unidos, reforçam essa realidade – quase um terço dos 1300 viajantes americanos entrevistados (31%) assegurou ter a preocupação de manter-se atualizado sobre restrições, regras e requisitos de viagem.

No primeiro trimestre deste ano, as viagens foram retomadas de modo significativo e passaram a ter uma conotação de relaxamento e escape do estresse acumulado. Embora o desejo de viajar no atual cenário seja tão intenso quanto antes da pandemia, é improvável que os turistas passem as férias ou ingressem em suas viagens da mesma maneira que antes. É consenso que, doravante, os viajantes estão muito mais prudentes e conscientes, buscando conforto, proteção e segurança em suas escolhas e no planejamento. A ferramenta Google Trends também endossa esta tendência, demonstrando que, na comparação entre o mês de abril de 2022 versus abril de 2021, as pesquisas pelo termo “seguro viagem” no buscador, cresceram 382% no Brasil, refletindo uma preocupação dos passageiros por viagens seguras.

Ricardo Mendonça, que é diretor geral da Next Seguro Viagem, empresa paulistana especializada na comercialização de apólices de seguro de viagem, destaca essa forte tendência citando que “os viajantes que embarcam para destinos internacionais atualmente querem compensar os dois anos interrompidos em suas viagens à lazer e em seus projetos de intercâmbios ou negócios no exterior. No entanto, todos estão muito atentos à segurança e sabem da necessidade da contratação de acessórios que garantam proteção e bem-estar – como é o caso dos planos de seguro viagem. Prevemos que este seja um ponto de avanço comportamental sem retorno. Daqui para frente, os viajantes serão muito mais prudentes e zelosos com itens ligados à saúde pessoal e familiar, evitando riscos desnecessários”.



Pesquisas apontam que viajantes pós-Covid-19 querem viajar de modo seguroPesquisas apontam que viajantes pós-Covid-19 querem viajar de modo seguroPesquisas apontam que viajantes pós-Covid-19 querem viajar de modo seguroPesquisas apontam que viajantes pós-Covid-19 querem viajar de modo seguroPesquisas apontam que viajantes pós-Covid-19 querem viajar de modo seguroPesquisas apontam que viajantes pós-Covid-19 querem viajar de modo seguroPesquisas apontam que viajantes pós-Covid-19 querem viajar de modo seguro

Previous articleFaial apresenta a 46ª edição da Revista Top Society
Next articleANEEL aplicará política de segurança cibernética