São Paulo 9/4/2021 – Somos seres humanos e precisamos agir com solidariedade e empatia. Precisamos contribuir para reduzir os números de mortes em nosso país, destaca Priscila.A ação social de arrecadação de leite acontece neste sábado, 10 de abril, das 9h00 às 16h00, promovida pelo Instituto Brasil +Social– Projeto Driblando a Fome- e a Faculdade Santa Bárbara com apoio da Rede Nós Mulheres

Priscila Grivol, embaixadora do Instituto Brasil +Social, coordena a ação de arrecadação de leite com a direção da Faculdade Santa Bárbara. Ela acredita que a pandemia veio para mostrar o quanto as pessoas precisam evoluir e ter ações para o bem para ajudar efetivamente as pessoas. “Quase 4 mil pessoas estão morrendo diariamente em nosso país devido à pandemia, mas não podemos nos esquecer que os números da fome (e se somados à pandemia) são gritantes”.

E destaca: “Outro dia me falaram que a fome dói. Eu nunca senti fome, mas sei o que é sentir dor. Somos seres humanos e precisamos agir com solidariedade e empatia. Precisamos contribuir para reduzir os números de mortes em nosso país”, destaca.

Para doar, basta levar leite em caixinha ou leite em pó até o campus da Faculdade Santa Bárbara, neste sábado.

Niolanda Dantas, fundadora do Instituto Brasil+ Social, acredita que doar é a forma mais sincera de amor ao próximo. “Devemos exercer nossa cidadania e responsabilidade social para ajudar as famílias em situação de vulnerabilidade. Convidamos a população de Santa Bárbara e região para essa doação. Una-se a esta grande corrente do bem”, convida.

Também comparecem ao Drive-Thru do leite, Gil Santos, presidente do Instituto e a empresária Marinete Luiza Oro, presidente da OroNewlife, apoiadora de muitas causas sociais no Brasil e nos EUA.

A fome no Brasil

A palavra fome voltou a assombrar os brasileiros mais pobres. Além do recrudescimento da pandemia e do impacto de mortes diárias pela Covid-19, esse caos coloca em risco também sua segurança alimentar: inflação alta, desemprego e ausência de políticas públicas eficientes.

O Brasil deixou o chamado Mapa da Fome em 2014 com o amplo alcance do programa Bolsa Família. No entanto, o país deve voltar a figurar na geopolítica da miséria no balanço referente a 2020.

O Mapa da Fome é um levantamento feito e publicado pela ONU (Organização das Nações Unidas) sobre a situação global de carência alimentar. Um país entra nesse levantamento quando a subalimentação afeta 5% ou mais de sua população.

De acordo com Daniel Balaban, representante no Brasil do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (WFP) e Diretor do Centro de Excelência contra a Fome, a situação brasileira é muito preocupante. Ele projeta que o Brasil esteja próximo dos 9,5% de sua população com subalimentação.

Serviço

Drive-Thru do Leite

Faculdade Santa Bárbara d’Oeste

Rua da Agricultura, 4.000 (antiga Politec)

Dia 10/4- sábado- 09h00 às 16h00

Drive-Thru do Leite convida população de  Santa Bárbara d'Oeste e região a doar em benefício de famílias carentes

Website: <a target=”_blank” href=’https://institutobrasilsocial.org.br/’ rel=”nofollow noopener”>https://institutobrasilsocial.org.br/