Home CORPORATE Mercado Expansão e verticalização do processo produtivo da Greenplac são apostas da empresa...

Expansão e verticalização do processo produtivo da Greenplac são apostas da empresa para 2021

São Paulo 1/2/2021 – “Ao longo de 2021, nossos esforços serão para a expansão e verticalização de processos da empresa e essa evolução já começou”, diz José Roberto Colnaghi.Durante todo o ano, os investimentos da empresa serão focados na expansão e verticalização dos processos produtivos,

Após dois anos trabalhando na consolidação da marca e indústria como referência de modernidade e qualidade no mercado de MDF brasileiro, a Greenplac, de José Roberto Colnaghi, está pronta para uma nova fase.

“Ao longo de 2021, nossos esforços serão para a expansão e verticalização de processos da empresa e essa evolução já começou com investimentos que têm como meta principal a autossuficiência e a qualidade dos serviços Greenplac”, afirma Colnaghi, que é Presidente do Conselho de Administração da Asperbras. A indústria de MDF é o mais recente negócio do Asperbras, que há 55 anos atua em diversos segmentos no Brasil, sempre com muito sucesso.

Para alcançar esse novo patamar em seus negócios, a empresa tem investido em várias frontes, que, em conjunto, auxiliarão os colaboradores, diretores e gerentes da marca a alcançarem novos objetivos. O primeiro passo, que teve início em 2020 e se concretiza em 2021, foi a expansão do complexo industrial – dentro da unidade em Água Clara (MS), foram instaladas plantas de resina e de formol ao longo de 2020. Com elas, a empresa fez sua primeira incursão na indústria química.

A extensão da fábrica com essas duas novas seções abre uma cartela de possibilidades para o negócio, isso porque a capacidade de produção atende não só a demanda da Greenplac, mas também possibilita, no futuro, a venda dos insumos para o mercado externo. “Temos espírito empreendedor e buscamos sempre novas formas de fazer o negócio ir além do projeto original”, reforça o empresário.

“Com a produção da resina e, eventualmente, do formol, conseguimos verticalizar ainda mais a cadeia de fornecimento de matéria-prima, além de gerar novos empregos”, diz José Roberto Colnaghi. Desde o início das operações, em 2018, a Greenplac gerou mais de 400 empregos diretamente e outros 700 indiretos.

A empresa também se prepara para iniciar a produção de melamina – outro esforço consciente da Greenplac como marca para aperfeiçoar cada vez mais seus produtos. “A matéria-prima afeta diretamente a qualidade do produto que é utilizado nos ambientes e móveis. Por isso, para a Greenplac, investe na verticalização é um testemunho de nosso compromisso com a qualidade”, diz José Roberto Colnaghi.

A expansão do complexo industrial, porém, não para por aí: a empresa se prepara para implantar novas mudanças ao longo do primeiro semestre. Uma nova prensa de revestido foi instalada no início do ano, com capacidade de produção de 6 mil metros cúbicos por mês. O novo equipamento ajudará no aumento da produção de MDF revestido.

Já do lado de fora, a empresa ampliará o espaço da expedição para mais 8.500 m², facilitando assim a entrada e saída dos caminhões de produtos e agilizando o processo de transporte e entrega da fábrica. Em julho, outras atualizações de maquinário acontecerão. “Nosso intuito com as novidades é continuar crescendo e aumentando cada vez mais a visibilidade e credibilidade da Greenplac no mercado nacional,” ressalta José Roberto Colnaghi.Expansão e verticalização do processo produtivo da Greenplac são apostas da empresa para 2021

Website: http://www.ecco.inf.br

Previous articleA dor da perda de um filho: relato de uma mãe sobre o luto
Next articleFunção da mola de suspensão e as implicações quando a sua vida útil chega ao fim

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.