Home Carros Conectados Quando fazer um consórcio de carros vale a pena?

Quando fazer um consórcio de carros vale a pena?



Curitiba, PR 20/10/2021 – A modalidade de consórcio possui baixo custo pois não incidem juros sobre o capital.

Comprar um veículo próprio é um grande sonho para a maioria dos brasileiros. Esse é um objetivo que requer muito planejamento e organização financeira, o que pode deixar a maioria das pessoas confusas em relação a quais são as melhores alternativas do mercado.

Uma opção que é muito comum é o consórcio para carros. Essa é uma das alternativas mais interessantes do mercado que possibilita a realização do sonho de comprar o primeiro automóvel ou até mesmo a troca de um carro antigo.

Quais são as vantagens do consórcio?

O consórcio de carros acontece quando um grupo de pessoas – que têm o interesse de comprar um automóvel – se reúnem para que cada uma delas contribua com um valor mensal.

Cada pessoa assina um contrato preestabelecido, intermediado por uma administradora de consórcios. Essa administradora também fica responsável por acompanhar todos os pagamentos.

A soma da contribuição mensal de cada participante é chamada de carta de crédito. Esse é o documento que possibilita a compra do veículo. Para ser contemplado com esse documento é necessário que o participante tenha sido sorteado ou feito parte de um lance. Os lances funcionam semelhantemente aos leilões, o participante que oferecer mais dinheiro ganha.

  1. Baixo custo

Ao contrário de outras formas de financiamento, os consórcios não exigem nenhum valor de entrada. Isso acontece porque o valor da parcela inicial já é direcionado para a aquisição do automóvel. Essa é uma alternativa para aqueles com dificuldade em guardar dinheiro.

  1. Sem juros

Uma vantagem do consórcio é que as parcelas não têm juros. Como o dinheiro é depositado mensalmente em uma poupança em conjunto para gerar a carta de crédito, não existe a incidência de juros. Essa é uma diferenciação em relação aos financiamentos.

Vale ressaltar que, apesar disso, ainda existem custos mensais que são essenciais para o funcionamento do processo, como taxas de adesão, administração, entre outras.

  1. Flexibilidade no parcelamento

Por não exigir um valor de entrada e, por isso, fazer o parcelamento integral do valor do veículo, o consórcio possui uma flexibilidade no parcelamento que muitas outras formas de financiamento não oferecem. É possível escolher o número de parcelas e o valor que está disposto a pagar.

Apesar disso, é importante estar atento ao valor das taxas administrativas, que podem aumentar dependendo da quantidade de parcelas escolhidas. É preciso verificar esses detalhes no contrato.

É importante ressaltar que o consórcio também é uma forma de investimento. Isso porque o dinheiro pago nas parcelas volta para o proprietário de qualquer maneira, já que, mesmo em caso do não resgate da carta, a administradora do consórcio deve investir o dinheiro das parcelas em fundos para que o valor continue rendendo.

A Toyota Sulpar é uma concessionária paranaense com foco na qualidade dos seus serviços e produtos, entre eles o consórcio de veículos.

Mais informações em www.toyotasulpar.com.brQuando fazer um consórcio de carros vale a pena?

Website: http://blog.toyotasulpar.com.br/

Previous articleTutores devem tomar cuidado com sobrepeso em gatos
Next articleSetor náutico é aposta para retomada do turismo no país