Home NOTÍCIAS Caixa financia até 100% do imóvel retomado dos mutuários por inadimplência

Caixa financia até 100% do imóvel retomado dos mutuários por inadimplência

Rio de Janeiro 24/6/2021 – Empréstimo habitacional será com recursos da poupança

Para quem planeja comprar um imóvel com condições ainda mais facilitadas, a recomendação é visitar virtualmente o 1º Feirão Digital Caixa da Casa Própria, que vai acontecer entre os dias 25 de junho a 4 de julho, e conhecer as seis mil unidades que foram retomadas por falta de pagamento e que podem ser financiadas em até 100% pelo SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo). Isso significa que o interessado vai comprar a moradia sem precisar desembolsar o valor da entrada. O Banco Central só permite financiamento de até 90% do valor do imóvel no SBPE, mas como as unidades ofertadas no feirão são imóveis retomados, a Caixa poderá oferecer essa vantagem. 

Vale lembrar que a maioria destes imóveis está ocupada, o que significa que a desocupação será feita pelo novo comprador. Então é bom ter uma reserva financeira para esta despesa. Outro cuidado para quem optar por uma unidade retomada é que o acesso ao imóvel não será imediato. Em alguns casos, nem é o mutuário inadimplente que reside na propriedade negociada. 

Segundo especialistas de mercado, a compra de imóvel retomado vale a pena porque o preço é mais em conta do que o valor praticado pelo mercado e pode ser totalmente financiado pela Caixa, mas o comprador precisa ser orientado sobre esse trâmite da retirada do ocupante do imóvel. Agora, para os que conseguem comprar um imóvel desocupado, essa despesa extra não será necessária. O que pode acontecer é a unidade precisar de uma pequena reforma como uma pintura nova ou troca do piso. 

Vale lembrar que no feirão serão ofertados, no total, 180 mil imóveis. Há ainda a possibilidade de comprar terrenos financiados e obter crédito para aquisição de material de construção para reformar ou construir a casa no “novo normal”. Para o diretor da Pró Lotes, Marcelo Fróes, o evento é uma grande oportunidade, pois reúne as melhores ofertas e taxas de juros em um mesmo local, além de ser no modelo virtual. Paralelamente a essa tendência online, o executivo ressalta que o número de visitas presenciais também tem aumentado de forma considerável nos estandes de vendas, nas imobiliárias e nos empreendimentos de lotes que a empresa comercializa em Itaboraí, Maricá, São Pedro da Aldeia e Vargem Pequena. Esse movimento foi verificado na “Pesquisa da Influência do Coronavírus no Mercado Imobiliário Brasileiro”, realizada pelo DataZAP, braço de inteligência imobiliária de ZAP+. O estudo mostra que, apesar de 53% dos entrevistados terem declarado que só saiam de casa “para serviços essenciais”, 57% dos respondentes também disseram ter visitado presencialmente um imóvel, estande de vendas ou apartamento decorado nos últimos três meses. O levantamento ouviu cerca de três mil pessoas, incluindo consumidores e profissionais de imobiliárias, incorporadoras e corretores. 

Fróes destaca ainda que o perfil de quem procura pelos seus empreendimentos é formado por recém-casados, casais que estão em busca de mais qualidade de vida e até investidores que procuram infraestrutura completa de lazer, principalmente ao ar livre, segurança, preço e condição de pagamento. “Eles querem conhecer presencialmente o local, ou seja, vivenciar como será o novo lar”, conta o executivo da Pró Lotes.Caixa financia até 100% do imóvel retomado dos mutuários por inadimplência

Website: https://www.prolotes.com

Previous articleAs principais métricas de análise do marketing digital
Next articleAutomação na logística permite processos modernos e mão de obra aperfeiçoada