Home CORPORATE Proteção cambial é alternativa para empresas se resguardarem das oscilações

Proteção cambial é alternativa para empresas se resguardarem das oscilações



Ribeirão Preto, SP 27/10/2021 – De acordo com especialista, apesar de uma variação menor, é importante sempre levar em consideração que o câmbio é constantemente flutuante

Diversas empresas lidam diariamente com o mercado internacional. Uma alternativa para evitar correr o risco de perder dinheiro com a variação do câmbio é contar com a proteção cambial. Também conhecida como hedge, proteção em inglês, a ação ameniza os possíveis impactos negativos na margem de lucro de operações cambiais.

A ferramenta, frequentemente buscada por empresários da área de comércio exterior e, também, por pessoas físicas que fazem transações internacionais, é capaz de realizar uma trava de câmbio. Com a taxa do câmbio travada o empresário não precisa se preocupar com as variações das moedas. Dessa forma, é possível trabalhar todos os seus custos e recebimentos futuros com base em um valor fixo.

Em linhas gerais, hedge é uma estratégia que tem o objetivo de proteger o valor de um ativo – uma ação, uma moeda ou outros – contra a possibilidade de variações futuras. É uma espécie de “seguro” para o preço que ajuda a limitar os riscos.

O sócio-diretor da Target Câmbio, Ivan Costa, explica que com o hedge cambial é possível ter uma maior previsibilidade de custos e recebimentos em moeda estrangeira. “Isso significa que o valor do câmbio será mantido até o final da negociação, mesmo se houver alterações no valor, garantindo que não haja perdas para a empresa”, diz.

O especialista ainda ressalta que com o grande impacto da pandemia no setor de comércio exterior, “a variação cambial tem tido uma grande oscilação nos últimos meses, por isso, o hedge cambial no comércio exterior é uma opção muito interessante para as organizações”, esclarece.

Segundo Ivan Costa, quando feito de forma correta e eficiente, o hedge pode compensar a mudança no valor, seja total ou parcialmente, entre as duas moedas: a moeda local e o dólar, por exemplo.

O hedge cambial também pode ser utilizado para proteger investimentos e empreendimentos internacionais das variações das moedas estrangeiras, principalmente o dólar, que é a mais utilizada no cenário internacional. “No caso de o dólar desvalorizar, o vendedor não terá prejudicados seus lucros por causa dessa queda, pois recebe do comprador o valor da cotação acordado previamente”, explica.

Para tomar decisões assertivas, o sócio-diretor da Target Câmbio explica que é necessário contar com empresas especializadas no assunto. “Os profissionais conseguem assessorar os clientes pelas melhores opções nas transações de fechamento de câmbio nas importações, exportações, remessas internacionais e demais soluções relacionadas ao mercado cambial”, finaliza.Proteção cambial é alternativa para empresas se resguardarem das oscilações

Website: https://targetcambio.com.br/.

Previous articleEstudos apontam que a fé colabora no tratamento e cura de pacientes
Next articleEvento debate ensino e profissionalização da engenharia