Home NOTÍCIAS Edtech com sistema de ensino 100% digital e adaptável para as escolas...

Edtech com sistema de ensino 100% digital e adaptável para as escolas é selecionada para programa de aceleração “BID AO CUBO”

EXP for School participa da edição voltada para startups do Norte e Nordeste com soluções tecnológicas de impacto positivo

A EXP for School, startup que une tecnologia e conteúdo, oferecendo um sistema de ensino 100% digital e online para instituições de ensino, foi selecionada para o programa de aceleração “BID AO CUBO” Norte e Nordeste. É a única edtech a ser selecionada para essa edição do programa.

Esse é o mais novo programa de aceleração de startups, oferecido pelo Cubo Itaú, em parceria com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), em que startups com soluções tecnológicas de impacto positivo receberão, durante quatro meses, mentorias e conexões com a rede de investidores e especialistas do Cubo, BIDI e Darwin Startups.

O foco são empresas das regiões Norte e Nordeste do país, consideradas inovadoras e com uso intensivo de tecnologia, com metas claras de expansão e com potencial de escala e de gerar impacto social e/ou econômico em populações pobres e vulneráveis na América Latina e no Caribe. Ao todo,15 startups foram selecionadas.

O EXP for School surgiu no final de 2020, quando a startup de educação básica, Explicaê e a D2L, empresa canadense e terceira maior player de educação digital do mundo, uniram tecnologia e conteúdo para atender escolas do ensino médio e fundamental. Atualmente, ela se tornou um sistema de ensino 100% digital e online, personalizável e adaptável ao cronograma e planejamento pedagógico das escolas, facilitando a transformação para o Ensino Híbrido, além de ser 80% mais barato que os sistemas de ensino tradicionais.

O negócio foi lançado, em meio à pandemia e seus efeitos sobre o mercado de educação. De uma hora para outra, as instituições tiveram de suspender as aulas presenciais e adotar modelos 100% digitais de ensino. O problema é que a maioria delas não estava preparada – e muitas ainda não estão – para enfrentar os desafios da transformação digital.

“Ser selecionado para um dos programas de aceleração mais reconhecidos e com menos de um ano de existência, nos mostra que estamos no caminho certo como uma empresa inovadora, com crescimento e gestão sustentáveis e que tem um importante papel na transformação da sociedade por meio da Educação”, explica o Cofundador e CEO do EXP for School, Bruno Oliveira.

Cerca de 120 mil alunos do Ensino Médio da rede pública do Estado do Amazonas já usam o EXP for School. É uma solução pensada, principalmente, nas pequenas e médias instituições de ensino, as mais atingidas pela crise e que não têm verba e nem estrutura para oferecer um modelo de ensino à distância. O preço cobrado por aluno é menor que R$ 30 mensais “Todo esse movimento tem por trás o propósito de democratizar o ensino híbrido. Qualquer escola, de grande, médio ou pequeno porte consegue adotar a solução”, finaliza Oliveira.Edtech com sistema de ensino 100% digital e adaptável para as escolas é selecionada para programa de aceleração “BID AO CUBO”

Previous articleSamsung registra aumento de participantes na oitava edição do Solve for Tomorrow no Brasil
Next articleDigitalização amplia negócios de pequenos comerciantes de alimentos e bebidas