Home NOTÍCIAS Desentupimento: sobe a procura pelo serviço em algumas regiões, aponta Sabesp

Desentupimento: sobe a procura pelo serviço em algumas regiões, aponta Sabesp

Belo Horizonte – MG 28/7/2021 – Profissionais de encanamento competentes são necessários agora, mais do que nunca
Aumento de consumo de água motivado pela maior presença da população em suas residências gera alta na demanda por atendimentos na área de desentupimento

A pandemia de Covid-19 aumentou a demanda em algumas áreas por serviços oferecidos pelas desentupidoras devido ao maior tempo passado pelos moradores em suas residências e, consequentemente, ao maior uso das pias e do sistema de esgoto dos imóveis – situação que, naturalmente, pode resultar em possíveis vazamentos e entupimentos. Segundo dados da Sabesp, em 2020, a Baixada Santista registrou 17 mil desobstruções da rede coletora e ramais durante o ano, com média de 46,5 serviços executados por dia. Já na capital paulista foram concluídos 60 mil atendimentos com mais de 32 mil serviços executados.

Apesar dos avanços nas últimas décadas, principalmente após a aprovação do marco regulatório garantindo valores na ordem de R$ 98,4 bilhões para o cumprimento das políticas de saneamento trazidas pela Lei nº 11.445/2007 (a Lei do Saneamento Básico) que assegura que o Estado deve prover à população o direito ao abastecimento de água potável; esgotamento sanitário; limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e, por último, drenagem e manejo de águas pluviais. Muitas famílias ainda encontram dificuldades para acessar estruturas de saneamento asseguradas por lei. 

Com isso, milhares de famílias não são assistidas pelo Estado quando o assunto é saneamento básico. Segundo dados do SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento) divulgados em 2020, mais de 16% da população brasileira não tem acesso à água tratada e somente 46% da rede de esgoto recebe tratamento. Isso significa que aproximadamente 35 milhões de brasileiros não são assistidos da maneira que deveriam. A distribuição geográfica da falta de tratamento pode ser conferida no Ranking do Saneamento 2021, elaborado pela Trata Brasil.

Os problemas estruturais que dizem respeito a esses serviços são entraves para o desenvolvimento da população em geral. Porém, há outras questões que podem dificultar o saneamento e tratamento de esgoto. A falta de cuidado com o lixo e dejetos domésticos, despejados em fossas, rios e ralos também contribui para a precarização do sistema sanitário. O despejo de óleo de cozinha na pia, por exemplo, além de contaminar o meio ambiente (1 litro de óleo pode contaminar até 20 mil litros de água) pode causar grandes problemas nos encanamentos das residências, pois, após solidificado, o óleo obstrui a passagem de água, o que causa entupimentos nos sistemas hidráulicos.

Atuação do serviço das desentupidoras

Ricardo Webr, profissional da área e CEO da Desentupidora BH, que atua na região de Belo Horizonte, o 6º maior município do Brasil de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), considera que: “Profissionais de hidráulica e de serviços de encanamentos competentes são necessários agora mais do que nunca para projetar, instalar e manter a sustentabilidade dos sistemas. Principalmente devido ao aumento do risco para a saúde pública – segurança e conservação de água. A manutenção e higienização das tubulações de água e esgoto ajudam a otimizar o uso de água e manter o sistema hidráulico limpo e seguro”.

Segundo Webr, os entupimentos são comuns em residências, podendo acontecer tanto por falta de manutenção como por falta de cuidado por parte dos moradores. O descuido ao descartar lixo ou sobras de alimentos, como borra de café e óleos através dos ralos colaboram com isso. Assim que percebido o entupimento, o proprietário do imóvel deve entrar em contato com uma desentupidora profissional para evitar mau cheiro, doenças e até mesmo danificar as linhas de esgotos, afirma o profissional.

Outro sintoma grave de falta de manutenção ou sistemas não planejados são os vazamentos de água. Considerando que em casos de vazamentos não visíveis podem passar despercebidos por semanas, meses, ou até mesmo anos. “Evitar o enorme desperdício de água é uma das prioridades da plataforma, que oferece serviços de caça vazamentos com localizadores de tubulações e câmeras infravermelho com o objetivo de agilizar o processo de reparo nas canalizações”, finaliza. 

Há alguns cuidados básicos que deve-se tomar com o sistema de encanamento. Segundo o Trata Brasil, há maneiras de contribuir para o meio ambiente no âmbito do saneamento, tais como: criar grupos de bairro e cobrar as autoridades locais, separar lixo e direcionar os recicláveis para a coleta seletiva e manter a atenção nos sistemas hidráulicos das residências. E além disso, em casos de falhas, é importante ter sempre em vista um serviço de encanamento de confiança. 

Para mais informações basta acessar https://desentupidorabh.com/Desentupimento: sobe a procura pelo serviço em algumas regiões, aponta Sabesp

Website: https://desentupidorabh.com/

Previous articleCelcoin, next e Guiabolso estão entre os vencedores do Open Finance Awards
Next articleO tráfico de aves silvestres pode provocar a extinção de diversas espécies