Home Carros Conectados Dados divulgados apontam que venda de automóveis usados em junho é a...

Dados divulgados apontam que venda de automóveis usados em junho é a melhor do ano

São Paulo 3/9/2021 – Fenabrave analisa o mercado de carros usados, comerciais leves, caminhões, ônibus e motocicletas

Segundo dados divulgados em julho deste ano pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), que reúne as associações de concessionários, o mês de junho deste ano foi o melhor em relação aos carros usados e comerciais leves. No período, foram negociadas 993,2 unidades, ou seja, 1,7% a mais que no mês de maio, o qual também possuiu 21 dias úteis. Em relação ao acumulado do ano sobre as vendas de veículos, 5,4 milhões de usados trocaram de dono, representando um crescimento de 62,9% em relação ao mesmo período de 2020.

O fenômeno é justificado pelas paralisações nas montadoras e a ausência de veículos zero-quilômetro, que fazem com que os condutores recorram à compra e venda de veículos usados. De acordo com a Fenabrave, a cada veículo novo emplacado no mês de junho, 6,3 usados foram negociados – o maior índice em todo o ano. Em relação aos comerciais leves, no primeiro semestre, eles somaram mais de 800 mil trocas de titularidade e o crescimento mais elevado (70,3%) do setor de veículos em comparação à primeira metade de 2020.

Caminhões usados também possuem alta

O cenário positivo na venda de veículos usados também chegou aos caminhões. Os usados repetiram, no mês de junho, o resultado do mês anterior, ao chegar a 37 mil unidades negociadas. A cada unidade nova entregue, foram vendidos 3,3 usados. Em relação ao acumulado do ano, foram observadas 197,8 mil transações, isto é, 69% acima em relação ao primeiro semestre de 2020. As renovações de frota dos segmentos como um todo (de semi-leves a pesados) instigou o crescimento.

A Fenabrave ainda mostra a venda de 3,4 mil ônibus no mês de junho, um volume 5,2% menor que o de maio. Já o acumulado anual apontou 18,9 mil transações, um crescimento de 36,4%. Assim como os ônibus novos, os usados também se recuperaram na primeira metade do ano em comparação com os outros tipos de veículos.

Ainda segundo pesquisa realizada pela Federação, 285,4 mil motos usadas foram vendidas em junho. Esse número é apenas 1,7% abaixo do mês de maio. A cada moto zero-quilômetro entregue durante o mês, 2,7 foram negociadas. Em relação ao acumulado do ano, 1,6 milhão de unidades foram contabilizadas, sendo que esse volume é 65,4% mais elevado do que o primeiro semestre do ano anterior. O crescimento no segmento encontra justificativa no aumento dos serviços de entrega, que também foi vantajoso para as transações de comerciais leves e caminhões no decorrer da primeira metade de 2021.

Recomendações para a compra de um carro usado

De acordo com o diretor executivo da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA), Nilton Monteiro, há duas recomendações. A primeira é escolher uma concessionária da marca do carro pretendido. “É um local que geralmente oferece alguma garantia e dados mais fidedignos do veículo”. A segunda é ir acompanhado de um mecânico de confiança no instante da compra. “Ele vai saber por onde começar a olhar o automóvel”, avalia.
Dados divulgados apontam que venda de automóveis usados em junho é a melhor do ano

Website: https://www.comprecar.com.br/

Previous articleAdultos do gênero masculino também estão mais ansiosos na pandemia, de acordo com pesquisa
Next articlePesquisa aponta que setor de TI terá déficit de 408 mil profissionais até 2022