Home CORPORATE Empreendedorismo Marketing digital se torna forte tendência para micro, pequenas e médias empresa

Marketing digital se torna forte tendência para micro, pequenas e médias empresa

São Paulo 23/9/2021 – Com as mudanças de mercado o marketing digital é essencial para quem quer venderCom aumento da demanda de mercado no segmento empresas ampliam sua atuação e passam a capacitar profissionais para atuarem especificamente com micro e pequenos empresários

A pandemia alterou drasticamente o cenário econômico mundial e fez com que as empresas tivessem que buscar opções para conseguirem se manter ativas. Dentro desse contexto, o mundo digital foi a principal ferramenta para que empresários de todos os tamanhos pudessem continuar vendendo seus produtos. 

Prova disso é o aumento das vendas pelo e-commerce. Em pesquisa recente, realizada com os dados de compra no e-commerce durante o primeiro trimestre de 2021, a Neotrust, censo de comércio eletrônico brasileiro e uma das principais fontes para quem trabalha com o mercado digital, mostra que houve continuidade do crescimento das vendas online no Brasil. Foram realizadas 78,5 milhões de compras online nos três primeiros meses do ano, um aumento de 57,4% em comparação ao mesmo período do ano passado. O resultado das compras foi um faturamento de R$ 35,2 bilhões para o e-commerce entre janeiro e março de 2021, aumento de 72,2% na comparação com 2020.

Marketing digital para micro, pequenos e médios negócios 

Outro número que cresceu no país foi o de pequenos empreendedores. Segundo dados do Portal do Empreendedor, do governo federal, o número de Microempreendedores Individuais (MEIs) disparou no Brasil nos últimos meses – entre 7 de março (último balanço antes do início da pandemia) e 30 de novembro. O acréscimo foi superior a 1,4 milhão. 

Atentas às mudanças de cenário e ao protagonismo do digital no meio empreendedor, empresas do segmento ampliaram sua atuação e passaram a oferecer novos serviços, focados no marketing digital para micro, pequenos e médios empreendedores. Um exemplo desse movimento de adaptação do mercado é iNexxus, agência com foco em Marketing de Performance, que desenvolveu um plano de expansão voltado para pequenos e médios empreendedores. 

“Percebemos uma mudança de comportamento de empresas menores, que viram no marketing digital a possibilidade de alavancar suas vendas e evitar o fechamento de suas portas e passaram a nos procurar para atender essa demanda. A partir disso criamos o modelo com licenciados”, ressalta Rener Baptista, sócio-fundador da iNexxus.  

Baptista afirma que a pandemia e as restrições adiantaram o marketing digital como uma tendência de mercado, prova disso é o crescimento da empresa que em nove meses alcançou 52% do território nacional e segue com expectativas positivas, com previsão de chegar em 69% do país. O empresário destaca que esse processo aconteceria de qualquer forma, também muito por conta da popularização dos meios digitais. 

“Os pequenos e médios empresário entenderam o quanto eles podem potencializar suas vendas por meio do marketing digital e isso alavancou as demandas no segmento”, destaca Baptista.    

O empresário destaca a importância das ferramentas digitais no mercado como um todo e como isso foi potencializado. “Tivemos uma mudança do comportamento para o mercado de forma geral. Os pequenos negócios também tiveram que se manter ativos, e o online de fato foi essa saída. Com o aumento do consumo e da interação no ambiente online, as estratégias de Marketing Digital se tornaram essenciais tanto para vender, quanto para atrair novos clientes”. 

O Marketing Digital é um trabalho que não necessita de estoque, nem fluxo de caixa, mas que demanda especialização do profissional e no caso dos pequenos negócios isso não muda. Para o especialista a digitalização ajudou na popularização das ferramentas de marketing digital, mas isso não anula a necessidade de buscar conhecimento sobre como atuar no mercado, principalmente para os pequenos empreendedores. 

“O marketing digital vende em momentos difíceis, ajuda a fazer com que o cliente conheça seu produto mas, é necessário buscar um profissional especializado. Apostamos na especialização do nosso licenciado. Ter um profissional capacitado é a melhor maneira de oferecer um trabalho que de fato vai fazer diferença para o contratante”. 

 

Crescimento do mercado digital pós-pandemia 

De acordo com informações de uma pesquisa realizada pela Kantar com mais de 25 mil pessoas entrevistadas, as redes sociais tiveram um aumento de 40% no uso desde o início da pandemia. Esse número, por si próprio, já mostra a importância do investimento no Marketing Digital de uma organização. 

O estudo apontou ainda que o consumo de mídia aumentou em todos os canais domésticos durante a pandemia. Em meses seguintes da pandemia, a navegação na web aumenta em 70%, seguida pela exibição de TV aumentando em 63% e o engajamento nas mídias sociais aumentando em 61% em relação aos números do cotidiano.

Em todos os estágios da pandemia, o WhatsApp é o aplicativo de mídia social que experimenta os maiores ganhos de uso à medida que as pessoas procuram se manter conectadas. No geral, o aplicativo teve um aumento de 40% no uso; na fase inicial da pandemia, o uso aumenta 27%, na fase intermediária 41% e os países na fase final da pandemia observam um aumento de 51%. 

O aumento do uso em todas as plataformas de mensagens foi maior na faixa etária de 18 a 34 anos. WhatsApp, Facebook e Instagram tiveram um aumento de mais de 40% no uso de menores de 35 anos.Marketing digital se torna forte tendência para micro, pequenas e médias empresa

Website: https://inexxus.com.br/

Previous articleDez dicas para manter o negócio ativo e lucrativo
Next articleEmpresa de tecnologia flexibiliza e recruta profissionais de todo o Brasil