Home CORPORATE Mercado 8 dicas para fazer compras online com segurança

8 dicas para fazer compras online com segurança

Cuidados com compras pela internet


O Dia das Mães está se aproximando, o Dia dos Namorados é no mês seguinte e fazer compras online nunca foi tão convidativo, com a oportunidade de evitar filas e bate-perna. De acordo com pesquisa da PwC Brasil, a parcela de compradores regulares de lojas online alcançou 65% em 2018. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

No entanto, é nesses momentos de compra que estamos vulneráveis a ação de hackers e cibercriminosos, que tentam se aproveitar de nossa vontade de presentear a mãe ou o namorado para infectar nossos computadores com os mais variados tipos de malware (malicious software, o bom e velho vírus). Pensando nisso, a Cylance preparou uma lista de dicas (abaixo) para se proteger dos hackers durante uma tarde de compras online. Acompanhe:

Contra sites falsos
Embora seja comum confiarmos no “S” em https, um site normalmente seguro pode ter uma vulnerabilidade a ser explorada por hackers ou abrigar um malware, de forma que visitantes possam ter seus computadores infectados por vários tipos de vírus.

Embora seja difícil identificar um site falso, já que os hackers ficaram muito bons em criar espaços que pareçam legítimos, existem alguns sinais que podemos ficar atentos ao navegar online:

1. designs feios, uso errado da gramática e erros de digitação;

2. sites cujas ofertas são boas demais para ser verdade ou que tentam convencê-lo a comprar com urgência;

3. sites muito novos.

Para compras online
O quão exposto nós realmente estamos quando compramos online? O nível de exposição depende do usuário, seus hábitos e quais medidas de segurança ele possui para evitar ser vítima de um cibercrime. Recomendações:

1. Certifique-se de que está protegido contra malware com o antivírus instalado em seus dispositivos. Ao escolher um programa, evite tecnologias tradicionais e reativas, que exigem constantes atualizações de produtos para proteger contra novas ameaças. A Cylance é o primeiro antivírus da próxima geração a usar inteligência artificial para prever e bloquear ameaças.

2. Use um gerenciador de senhas que pode gerar senhas longas aleatoriamente, que são exclusivas para cada uma das suas contas online. Se suas senhas forem iguais e alguém descobri-las, os hackers podem acessar todas as suas contas ao mesmo tempo.

3. Desconfie de pechinchas “muito boas para ser verdade”. Os cibercriminosos usam a alta demanda de produtos e o desejo dos consumidores de economizar dinheiro como uma armadilha para atrair vítimas inocentes.

4. Não clique em e-mails de pessoas ou empresas que você não conhece ou não se inscreveu para receber newsletters.

5. Não visite sites que você não conhece. Atenha-se a sites de comércio eletrônico respeitáveis.

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
8 dicas para fazer compras online com segurança

 

Veja também
Backup: a importância das cópias de segurança
Videoconferências exigem cada vez mais segurança contra espionagem e vazamentos de informações
Oito previsões em cibersegurança para 2018

Previous articleConcurso vai escolher o melhor músico de rua de SP
Next articleAutomação residencial: uma garantia de conforto e segurança