… impulsionar essa transformação e colocar as empresas de volta no páreo para atender não só as necessidades dos colaboradores, mas também as dos clientes que serão atendidos por eles. Criar soluções com interfaces mais simples e incentivar a conexão entre os profissionais, empresas e mercado é a chave para reconhecer o papel e a responsabilidade que cada indivíduo tem dentro do seu ecossistema.

Outro ponto que é preciso deixar claro ao oferecer a TI como ferramenta de apoio ao desenvolvimento profissional é o contexto de cada função ou de um módulo de uma solução, por exemplo. Os jovens profissionais precisam entender o que estão fazendo e o porquê realizam determinados processos; caso contrário perdem o interesse. É neste ponto que a customização ganha força no lugar da padronização. Desenvolver ferramentas personalizáveis com as quais cada pessoa escolhe o que e como usar é o que fará a diferença no final do dia.

Vivemos uma época de mudança de paradigma impulsionada fortemente pela tecnologia como base de conexões entre pessoas e a maneira como elas se posicionam no mercado de trabalho. Não há mais limites pré-estabelecidos entre o ser profissional e o pessoal e as organizações precisam entender isso para evoluir.

Dar voz a essa nova geração pode ser vital para as empresas e uma maneira de começar é conferindo-lhes uma identidade ao invés de lhes atribuir um usuário.

* presidente e CEO da TOTVS

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br