security

Com a primeira parcela do 13º salário no bolso e o Natal batendo à porta, muitos brasileiros saem em busca dos presentes para a data. Seja por comodidade, falta de tempo ou pelos preços, às vezes, mais atrativos, boa parte dos consumidores escolhe a internet na hora de comprar os presentes. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

Mas, para a comodidade da compra online não se transformar em dor de cabeça, é preciso tomar cuidado para não cair em golpes, como o phishing, no qual fraudadores fazem cópia de sites e enviam e-mails com ofertas miraculosas aos consumidores para roubar dados pessoais e financeiros.

“Essas páginas falsas geralmente são bem feitas e muito parecidas com as originais, exceto por alguns detalhes, como, por exemplo, erros de escrita no conteúdo do site e na URL e a ausência da letra S no do “HTTP” na barra de endereços”, alerta Henri Sternberg, diretor de Negócios Corporativos da Certisign.

Como identificar um site seguro
Segundo Sternberg os sites seguros exibem alguns sinais bem simples, provenientes da presença do Certificado SSL, que indica que a loja oferece um ambiente seguro protegido pela criptografia de dados. São eles:

– Selo de Segurança – ele geralmente fica no rodapé da página. “Mas não basta somente ter o selo, o internauta deve clicar e verificar se o Certificado Digital foi emitido para o mesmo endereço web em que ele está. A checagem é importante porque muitos fraudadores inserem apenas uma imagem de Selo para enganar o usuário”;

– Cadeado fechado na barra do navegador;

– Letra “S” no endereço do site, ou seja, HTTPS.

Fique atento nessas dicas na hora que for efetuar compras pela internet, para evitar dores de cabeça!

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Como se proteger nas compras online de Natal

 

Veja também
Segurança dos dados é a discussão mais importante da década
Exposec 2018 reflete o bom momento do setor de segurança
Vendas de Natal devem crescer até 20% no e-commerce