Home Cultura Consumo virtual de atividades culturais cresce na pandemia

Consumo virtual de atividades culturais cresce na pandemia



Em estudo realizado pelo Itaú Cultural em parceria com o Instituto Datafolha, que ouviu 2.276 indivíduos em todo o país, entre os dias 10 de maio e 9 de junho de 2021 foi possível verificar que o número de brasileiros conectados à internet por mais tempo durante o dia, passou de 71% no ano de 2020 para 76% já no ano de 2021. Dentre os dados apresentados, as atividades culturais das categorias de apresentações artísticas de teatro, dança e música tiveram aumento de 20% no ano de 2020 para 40% em 2021, segundo os entrevistados.

No estudo chamado de Pesquisa Hábitos Culturais 2 é possível verificar diversas atividades culturais que tiveram maior procura principalmente pelo motivo das pessoas estarem em casa, por causa da pandemia. Dentre eles, o interesse por filmes e séries, passou de 68% para 75% e a atividade de realização de cursos livres on-line de 35% para 41% na comparação entre os anos de 2020 e 2021. Desde o primeiro estudo realizado no ano de 2020, que se chamou pesquisa Hábitos Culturais – Expectativa de Reabertura e Comportamento Digital, já era possível verificar que o brasileiro estava sentindo falta de ter contato com atividades culturais no cotidiano antes da pandemia.

No primeiro estudo, realizado em 2020, o percentual somado dos brasileiros que mais sentiram falta durante o período de fechamento dos espaços dedicados a atividades culturais e entretenimento para as atividades relacionadas a cinema e shows foi de 54%. Já depois dos acontecimentos iniciais da pandemia no Brasil, entre fevereiro e março de 2020, a plataforma Instagram já havia informado ao site Business Insider que o número de transmissões ao vivo na plataforma havia aumentado 70%.

Em entrevista, Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural afirmou que a indústria da cultura soube reagir aos desafios da pandemia e rapidamente levou sua produção para o ambiente on-line, onde encontrou uma audiência ávida por entretenimento, reflexão e novas experiências.

Perguntada sobre o impacto da pandemia no meio cultural, Vanessa Giacomo, eleita uma das melhores atrizes brasileiras em 2014 no Troféu Imprensa, afirmou que: “é possível encontrar um pouco de alegria, diversão e entretenimento a partir de casa, mesmo com os espaços culturais sendo reabertos com a diminuição dos casos de covid-19 nos últimos meses”. Vanessa concluiu que: “estar em contato diário com a cultura proporciona diversos benefícios para qualquer pessoa, principalmente depois de tudo que enfrentamos durante esses anos de pandemia que mudou a vida de muitas pessoas. Sabemos da nossa responsabilidade de fazer as pessoas sorrirem e terem experiências incríveis do outro lado da telinha”, completou Vanessa.

Consumo virtual de atividades culturais cresce na pandemiaConsumo virtual de atividades culturais cresce na pandemiaConsumo virtual de atividades culturais cresce na pandemiaConsumo virtual de atividades culturais cresce na pandemiaConsumo virtual de atividades culturais cresce na pandemia

Previous articleBrasil ainda tem logo caminho a percorrer em acessibilidade
Next articleFisioterapia pulmonar tem papel crucial na recuperação da covid-19 e covid longa