Home Cultura Escolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantes

Escolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantes



Mais de 66% das fábricas de alimentos apresentaram um nível insatisfatório das Boas Práticas de Fabricação (BPF) nos últimos meses, de acordo com o Painel de inspeções de fabricantes de produtos sujeitos à vigilância sanitária da Anvisa. O setor de produtos para a saúde tem se saído melhor nas inspeções, com 87,69% dos fabricantes em nível satisfatório, seguido pelo setor de medicamentos e insumos farmacêuticos, que apresenta uma taxa de 86,04% de aprovação. Segundo as normas vigentes, existem recomendações específicas para cada setor, como a preocupação com a limpeza adequada, que não devem ser ignoradas. 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, vinculada ao Ministério da Saúde, tem como principal objetivo garantir a biossegurança de consumidores e trabalhadores. A limpeza adequada dos espaços e dos instrumentos utilizados em processos de produção é um dos itens mais importantes entre as normas de regulamentação. Uma higiene ruim pode interferir em resultados industriais ou favorecer o desenvolvimento de microrganismos prejudiciais à saúde, que contribuem para cenários de contaminação. 

O CEO da fabricante de escovas para higienização Weinberger, ressalta que os requisitos legais para o funcionamento dos locais de produção, assim como estabelecimentos e serviços de saúde, contam com instruções técnicas que devem ser atendidas por seus responsáveis. As orientações para os produtores, fabricantes e prestadores de serviço incluem especificações importantes sobre os materiais apropriados para diferentes situações, uma vez que cada processo envolve o uso típico de algum instrumento ou substância que demanda cuidados especiais. 

“Superfícies de aço e vidro, comuns nos setores farmacêuticos, hospitalares e de alimentos, não devem ser expostas a materiais ásperos, para que não haja risco de comprometimento da equipagem. Já as superfícies de ferro costumam ser limpas com escovas de maior dureza, para facilitar a remoção de ferrugem quando necessária”, explica Jefferson Heinz.

As normas para higiene e manutenção também contam com instruções sobre a combinação de produtos, temperatura apropriada para a manutenção e indicações para atividade mecânica ou manual. “As escovas de limpeza costumam ser usadas em situações nas quais a atenção é fundamental para eliminar resíduos de superfícies e orifícios. Algumas determinações indicam uma escovação com água e detergente, outras com mecanismos para resultados melhores. Ter este conhecimento é essencial, reforça Heinz.

Escolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantesEscolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantesEscolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantesEscolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantesEscolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantesEscolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantesEscolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantesEscolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantesEscolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantesEscolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantesEscolha de escovas de limpeza colabora com a aprovação sanitária de fabricantes

Previous articleFinalidade de manter uma reserva financeira
Next articleCâncer de rim atinge, principalmente, homens entre 55 e 75 anos