NOVIDADES

FCA contribui para o aumento da disponibilidade de ventiladores no Brasil

FCA contribui para o aumento da disponibilidade de ventiladores no Brasil


Grupo atuou em força-tarefa para viabilizar fabricação de 6,5 mil novas unidades no País
by 14 de abril de 2020 0 comments

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) estabeleceu um grupo multidisciplinar de trabalho com o objetivo de aumentar a disponibilidade e a oferta de ventiladores pulmonares no Brasil.

Essa equipe está atuando em duas frentes: uma voltada ao conserto e recuperação de aparelhos que se encontram fora de serviço no sistema de saúde brasileiro, e a outra dedicada a alavancar e acelerar a produção de ventiladores pulmonares no País. As ações da FCA já têm trazido resultados práticos em ambas as frentes de trabalho.

“Os ventiladores pulmonares talvez sejam os mais críticos e requisitados aparelhos hospitalares em todo o planeta neste momento, dada a sua importância para o tratamento de pacientes em estado grave. Diante da expansão da Covid-19 no Brasil, aumentar a disponibilidade desses equipamentos no sistema de saúde nacional tornou-se uma prioridade absoluta”, afirma João Irineu Medeiros, diretor de Assuntos Regulatórios da FCA para a América Latina e coordenador do grupo multidisciplinar dedicado ao tema.

A FCA foi uma das empresas que deram apoio para a viabilização do acordo celebrado na semana passada entre a Magnamed, maior fabricante de ventiladores pulmonares do Brasil, e o Ministério da Saúde para a fabricação e entrega de 6,5 mil aparelhos até agosto.

Esse incremento foi possível graças à atuação de um grupo de empresas lideradas por Positivo Tecnologia, Suzano, Klabin, Flex e Embraer, e apoiadas pela FCA e White Martins, entre outras.

“Nós atuamos diretamente na identificação e eliminação de gargalos produtivos e no mapeamento de novas linhas de financiamento para a ampliação imediata da capacidade de produção desses aparelhos por empresas nacionais”, explica Armando Carvalho, diretor adjunto de Desenvolvimento de Negócios da FCA para a América Latina. “Também colocamos nossos profissionais de Compras, Desenvolvimento de Produtos, Logística, Manufatura e Engenharia à disposição para viabilizar o aumento da capacidade produtiva de ventiladores pulmonares no Brasil, considerando o prazo bastante apertado que esse quadro de urgência nos impõe.”

Antes desse esforço conjunto empreendido por diversas indústrias, a capacidade instalada de produção no Brasil era estimada em menos de mil unidades por mês. Com esse esforço, estima-se que a capacidade produtiva possa aumentar em até 10 vezes.

MANUTENÇÃO
Outra frente na qual a FCA atua diretamente está voltada ao conserto e recuperação de respiradores pulmonares fora de operação. O Brasil possui cerca de 65,2 mil desses aparelhos, sendo que aproximadamente 3,6 mil se encontram fora de operação pela necessidade de reparos. Os Estados de Pernambuco e Paraíba concentram aproximadamente 275 aparelhos inoperantes, enquanto Minas possui cerca de 335.

Como parte da força-tarefa criada pelo SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e pelo Ministério da Economia, em parceria com dez grandes indústrias instaladas no País, a FCA possui técnicos treinados e capacitados para o conserto desses aparelhos atuando há mais de duas semanas no Polo Automotivo Fiat, em Betim (MG), e no Polo Automotivo Jeep, em Goiana (PE).

As duas fábricas também funcionam como bases oficiais de recebimento e manutenção de ventiladores avariados para os Estados de Minas Gerais, Pernambuco e Paraíba.


Grupo multidisciplinar trabalha em duas
frentes voltadas à oferta nacional de aparelhos


FCA atuou em força-tarefa para viabilizar
fabricação de 6,5 mil novas unidades no País


Técnicos da companhia trabalham no
reparo de aparelhos provenientes de três Estados


Ações integram amplo programa de
suporte no combate à Covid-19 lançado pela FCA


“Para todos nós, atuar na força-tarefa que recupera ventiladores pulmonares tem um significado muito especial neste momento. Os conhecimentos obtidos junto ao SENAI, além de ampliarem os horizontes da nossa equipe técnica, dão outra dimensão às nossas experiências e habilidades em Engenharia e Manufatura de automóveis”, comenta Leonardo Amaral, gerente de Assuntos Regulatórios da FCA e coordenador da força-tarefa de manutenção de ventiladores da companhia.

“Estima-se que cada respirador recuperado possa atender até dez pacientes, então o nosso trabalho tem um grande potencial para realmente ajudar a salvar vidas.”

AMPLO PROGRAMA
A FCA ainda anunciou, em 31 de março, um amplo e consistente programa de suporte às medidas em curso nos níveis federal, estadual e municipal para superar a grave crise decorrente da propagação da Covid-19 no Brasil.

Esse programa está baseado em três frentes principais de atuação:

  •  Contribuições para a instalação de hospitais de campanha em Betim (MG) e Goiana (PE), incluindo a doação de duas Ducatos adaptadas como ambulâncias para servir esses hospitais;
  •  Uso da expertise e recursos da companhia para a produção e oferta de itens hospitalares altamente estratégicos neste momento;
  •  Doações e comodato de recursos e materiais diversos para apoio à área da Saúde.

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Veja também
Fiat apresenta o Novo 500, o primeiro carro 100% elétrico da FCA
FCA mantém ritmo de vendas e inicia o ano na liderança do mercado brasileiro
Parceria entre Google e Fiat colocará Android em carros conectados

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.