Home CORPORATE Transformação Digital Manchar reputações será foco de ciberataques em 2016, prevê estudo

Manchar reputações será foco de ciberataques em 2016, prevê estudo

As violações de dados ocorridas nos últimos três meses, como do site de encontros extraconjugais Ashley Madison, estimularam uma série de ataques em que o dumping de informações confidenciais roubadas em domínios públicos manchou a reputação das vítimas, com consequências muito maiores do que a simples interrupção de negócios do site. Os cibercriminosos, que obtiveram as informações para realizar ataques de extorsão e chantagem de usuários, impactaram mais de 30 milhões de usuários da Ashley Madison o que levou ao suicídio de algumas vítimas tamanho o impacto em suas vidas pessoais.

Em um estudo intitulado “Perigo à Frente: Vulnerabilidades Atuais Servem como Prelúdio de Ataques Iminentes’’, a empresa de segurança digital Trend Micro aponta que ataques e vulnerabilidades ocorridas no último trimestre de 2015 serão o foco dos hackers e criminosos virtuais em 2016. Causar danos na reputação de pessoas e causar um cenário perfeito para extorsões é a maior preocupação.

“A evolução das violações está começando a tomar um rumo com efeitos reais nas empresas e na vida das pessoas. A interconectividade da tecnologia chegou a um ponto em que muitos dispositivos estão potencialmente vulneráveis e os impactos reais dos ciberataques são evidentes.”, disse Raimund Genes, CTO da Trend Micro. “O surgimento de inúmeras vulnerabilidades e outras violações de dados que ocorreram nesse trimestre muito provavelmente divulgarão mais informações confidenciais e potencialmente destrutivas para o público em geral, que poderão ser vendidas para quem pagar o valor mais alto na Deep Web.” Afirma Genes.

Além disso, as violações de segurança que afetaram o setor de saúde foram predominantes, principalmente nos EUA, em que registros pessoais de aproximadamente 4,5 milhões de pacientes foram…[MAIS]

1
2
Previous articleGato robô começa a ser vendido para quem é “forever alone”
Next articleMega Sistemas começa expansão no Norte com canal em Belém (PA)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.