… escolhas do usuário. Assim como os princípios de privacidade de dados orientam as operações da organização, esses princípios orientarão os desenvolvimentos da Mozilla e os projetos que ela apoiará daqui para frente.

Tento como ponto de partida a missão de assegurar uma internet aberta, confiável e que dê o controle da experiência para o usuário, a Mozilla entende que o bloqueio deve considerar:
A neutralidade de conteúdos: os programas de bloqueio de conteúdo devem atender às demandas de seus potenciais usuários (como desempenho, segurança e privacidade), ao invés de bloquear categorias específicas de conteúdo (como publicidade).
Transparência e controle: os bloqueadores de conteúdo devem oferecer aos usuários mais transparência e controles significativos sobre as necessidades que ele está tentando resolver.

Liberdade: o bloqueio deve manter a igualdade de condições e deve atuar sempre com os mesmos parâmetros, independentemente da fonte do conteúdo. As publicações e outros provedores de conteúdo devem ter a chance de participar do ecossistema web aberta, em vez de serem permanentemente castigados, o que fecha a internet para seus produtos e serviços.

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br