NOVIDADES

PODCAST РO Brasil está perigosamente atrasado em ciência de dados

PODCAST РO Brasil está perigosamente atrasado em ciência de dados


Deficiência na formação de cientistas de dados é alarmante
by 25 de maio de 2020 0 comments

O Brasil est√° perigosamente
atrasado em ciência de dados

Diego Senise √© cofundador e diretor de Data Tech da ILUMEO Data Science Company, que presta servi√ßo de consultoria e desenvolvimento de projetos que visam extrair dos altos volumes de dados das empresas informa√ß√Ķes que v√£o ajuda-las a tornar seus neg√≥cios mais estrat√©gicos e lucrativos.

A import√Ęncia desse neg√≥cio √© tanta, que a frase ‚ÄúDados s√£o o novo petr√≥leo‚ÄĚ, criada por Clive Humby, um matem√°tico londrino especializado em ci√™ncia de dados, em tempos de Covid-19 ganhou um novo patamar e nunca foi t√£o real.

Que a pandemia escancarou globalmente a fragilidade do real conhecimento dos dados sobre o n√ļmero de infectados para facilitar o combate ao coronav√≠rus, principalmente no Brasil, ningu√©m pode negar.

Segundo Senise, ainda √© um mercado que carece muito de profissionais capazes de extrair dos big datas espalhados pelo mundo informa√ß√Ķes consistentes que ir√£o realmente mudar os neg√≥cios e ajudar a sociedade.

E o cenário no Brasil não é animador, pois além de termos uma formação deficiente em cientistas de dados, os que se sobressaem estão sendo contratados por empresas do exterior e, acredite, sem terem que sair do Brasil, mas ganhando em dólares.

Para entender o que está acontecendo, ouça agora este Podcast, deixe seu comentário e compartilhe em suas redes sociais.

 

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de coment√°rios s√£o processados.