As relações entre Brasil e Portugal amanheceram abaladas na manhã desta terça-feira, 14 de junho. As redes sociais estão em polvorosa por conta de uma guerra de memes (mensagens que se espalham de forma rápida pela internet e, por isso, ganham o status de “viralizar”, como se fossem uma epidemia de vírus). “Roubaram nosso meme”, acusam os brasileiros.

Para quem já foi colônia desse pequeno país europeu, isso parece ter sido a gota d’água. Bastaram poucos minutos para a revolta revirar o amargo passado de colonizado e vociferar outros roubos de cinco séculos atrás. Ouro, esmeraldas, pau-brasil e até mulheres foram lembradas como outras riquezas usurpadas pelos portugueses ao longo dos anos.

O meme em questão é o “In Brazil we dont say” (“No Brasil, não dizemos…”), de 2015. Confira como tudo começou e causou indignação nacional.memePortugal

O caso é aparentemente uma bobagem da web, mas mostra que os brasileiros têm muito carinho com suas piadas. Quem sabe não está aí o novo produto de exportação que pode, finalmente, equilibrar a balança comercial do país e salvar a economia, seja lá com qual governo for.

As farpas trocadas entre brasileiros e portugueses pela web também mostra uma cruel realidade brasileira. Sim, aqui é o país da piada pronta. Sempre foi. E com o surgimento das redes sociais e a comunicação instantânea da internet, obviamente que nos transformamos no país dos memes.

Saio por dois minutos da web e quando volto…
Mas as acusações podem ser refutadas. Com argumentação de nível baixo, é verdade, mas podem. O brasileiro também não é nenhum santo na web e já roubou, furtou, copiou descaradamente e traduziu de maneira porca vários memes estrangeiros. Então, no meio da nova polêmica, o principal conselho a ser dado é: acomode-se no sofá e vá clicando por aí. Rir é a única solução para esse conflito internacional e digital.

https://twitter.com/shineechrist/status/742534507820134400

https://twitter.com/writonme/status/742546357878165504

https://twitter.com/fatosbrisa/status/742541631266684928

 

 

 

 

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br