* Por Flávio Losano

Investir em soluções de segurança e serviços de vigilância deixou ser um item de luxo e passou a ser uma necessidade para os moradores dos grandes centros urbanos. Quando o assunto é o bem estar de sua família, ter câmeras de monitoramento ajuda a manter a casa segura. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

A questão é que o avanço da tecnologia também revolucionou esse setor. As inúmeras câmeras e o cabeamento necessário deram lugar às modernas câmeras inteligentes, capazes de se conectar à Internet e facilitar a transmissão de imagens em tempo real.

Contudo, antes de adquirir uma solução, confira algumas dicas que podem ajudá-lo a encontrar as melhores câmeras:

Qual é a angulação da lente da câmera?
Essa preocupação é bem simples e lógica: quanto maior a abertura de ângulo da lente disponível na câmera, maior será o espaço captado pelas imagens. Modelos com uma angulação pequena na lente têm uma visão limitada e exigem a instalação de outros equipamentos para evitar pontos cegos.

O ideal é adquirir câmeras cujas lentes tenham um ângulo vertical maior do que 110 graus – o suficiente para gravar um cômodo inteiro.

A instalação é mais difícil?
Muitos pensam que as câmeras inteligentes necessitam de uma instalação especial para funcionarem de forma adequada. Na verdade, sua implementação é muito simples: com o modelo “plug and play”, o próprio usuário consegue fazer por conta própria rapidamente. Dois pontos devem ser levados em conta:

Primeiro, a definição da senha de acesso às imagens – assim como em outros locais, essa proteção deve ser pessoal e intransferível. Depois, é preciso checar a compatibilidade do equipamento com sua rede Wi-Fi e, claro, se a rede consegue alcançar o posicionamento da câmera em toda a casa.

Como faço para visualizar e armazenar as gravações?
Diferentemente das câmeras tradicionais, que necessitam de cartões de memória e não possuem recurso de transmissão em tempo real, as câmeras Wi-Fi possuem compatibilidade com dispositivos móveis por meio de aplicativos, permitindo que o usuário possa ver a gravação de forma instantânea em qualquer lugar.

Além disso, é possível armazenar as imagens coletadas diretamente na nuvem, facilitando o backup e até o download caso seja necessário.

É muito caro contratar câmeras inteligentes?
Se levarmos em conta apenas o preço da câmera, a versão Wi-Fi é mais cara do que as câmeras tradicionais utilizadas em sistemas de monitoramento. Entretanto, as empresas oferecem diferentes planos de utilização com custos bem mais vantajosos e justos, permitindo que as pessoas paguem apenas pela quantidade utilizada.

Há planos que contemplam apenas um dia, enquanto que há opções de contratar esses equipamentos por um ano completo. Assim, o valor depende da necessidade e do período desejado pelo usuário.

* Flávio Losano é Gerente de Marketing da Tecvoz

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Veja tudo o que você precisa saber antes de comprar uma câmera de segurança Wi-Fi

 

Veja também
Ford apresenta nova geração de câmera de ré para automóveis
Câmera que produz fotos e vídeos em 720° chega ao Brasil
Veja seis tendências para cibersegurança em 2019