São Paulo, SP 25/2/2021 – Não há milagre. Nós selecionamos tudo o que realmente funciona, com base em estudos científicos, e combinamos. E os resultados estão sendo ótimos.Pesquisas mostram quais são as substâncias que realmente contribuem para evitar a queda de cabelo e estimular o crescimento de fios. Biotina não passou no teste.

A queda de cabelo é um problema conhecido entre o público feminino, chegando a afetar milhões de mulheres em todo o mundo. Um estudo recente mostrou que a alopecia, nome científico para a queda de cabelo, está entre os diagnósticos mais comuns na dermatologia, totalizando quase um em quatro casos em todo o mundo (1).

Vários são os produtos disponíveis no mercado brasileiro que prometem solucionar esses problemas, desde loções, suplementos, cremes, sprays, shampoos, e até vitaminas para cabelo. Essas últimas viraram febre entre as mulheres, principalmente, nas redes sociais, pois prometem um crescimento com até 3 vezes mais velocidade, com a biotina como ingrediente principal.

Biotina reprovada

Entretanto, 18 estudos recentes (2) mostraram que não é bem assim. A conclusão foi de que não há evidências suficientes para apontar benefício na suplementação de biotina em indivíduos saudáveis. Somente em pessoas com doenças raras, como a síndrome das unhas frágeis e a síndrome dos cabelos impenteáveis, o uso de biotina é recomendado.

Substâncias que realmente funcionam

Apesar do resultado negativo em relação a biotina, cientistas descobriram outras substâncias que auxiliam diretamente no crescimento capilar e combate à queda:

Silício Orgânico: estudos (3) da Universidade de Cincinnati, nos Estados Unidos, avaliaram a suplementação de silício orgânico em mulheres com cabelos finos. Foi constatado que a quebra de cabelo diminuiu consideravelmente pós-administração de 10 mg do composto durante 9 meses. Além disso, um estudo realizado no Brasil, pela Unifesp, foi além, mostrando um intenso benefício para as unhas, deixando-as resistentes à quebra (4);

Colágeno Bioativo do tipo 1: diferentemente do colágeno convencional, que é muito usado para a pele, os peptídeos bioativos do colágeno, ou simplesmente colágeno bioativo do tipo 1, são específicos para o cabelo. Artigos (5) têm afirmado que a sua suplementação é benéfica ao couro cabeludo, aumentando a espessura dos fios e protegendo contra o envelhecimento;  

Óleo de Hortelã Pimenta: o óleo de hortelã pimenta foi o grande vencedor num estudo comparativo entre a sua eficácia e a do minoxidil, onde surgiu, em pessoas que fizeram uso do óleo, mais folículos capilares quando comparados ao grupo que utilizou minoxidil (6);

Metilsulfonilmetano: um estudo (7) avaliou a suplementação de metilsulfonilmetano (MSM) em indivíduos com alopecia comparando com o minoxidil. Segundo a pesquisa, aqueles que utilizaram o primeiro tiveram um crescimento de fios quase 50% maior. Outro estudo (8), agora no Canadá, avaliou o efeito da suplementação por 6 meses do MSM no cabelo e unhas, tendo como resultado uma fortificação intensa e uma melhoria na qualidade dos fios;

Queratina Hidrolisada: estudos (9) vêm demonstrando que a suplementação de queratina ajuda a reduzir a queda de cabelo, deixando os folículos capilares mais saudáveis. Para chegar a essa conclusão, foram avaliadas mulheres com cabelos danificados por processo de química, que administraram queratina hidrolisada por três meses por via oral.

Produto Ideal

Logo, o produto ideal para estimular o crescimento de fios e evitar a queda seria aquele que conseguisse reunir as substâncias citadas que apresentam embasamento científico. Assim, foi lançado o California Hair no país e aprovado a sua comercialização pela Anvisa. “Não há milagre. Nós selecionamos tudo o que realmente funciona, com base em estudos científicos, e combinamos. E os resultados estão sendo ótimos”, conta a diretora da empresa no Brasil.

Referências

1. RAMOS, Paulo Müller; MIOT, Hélio Amante. Female Pattern Hair Loss: a clinical and pathophysiological review. Anais Brasileiros de Dermatologia, [S.L.], v. 90, n. 4, p. 529-543, ago. 2015. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/abd1806-4841.20153370.

2. PATEL, Deepa P.; SWINK, Shane M.; CASTELO-SOCCIO, Leslie. A Review of the Use of Biotin for Hair Loss. Skin Appendage Disorders, [S.L.], v. 3, n. 3, p. 166-169, 2017. S. Karger AG. http://dx.doi.org/10.1159/000462981

3. WICKETT, R. R.; KOSSMANN, E.; BAREL, A.; DEMEESTER, N.; CLARYS, P.; BERGHE, D. Vanden; CALOMME, M.. Effect of oral intake of choline-stabilized orthosilicic acid on hair tensile strength and morphology in women with fine hair. Archives Of Dermatological Research, [S.L.], v. 299, n. 10, p. 499-505, 25 out. 2007. Springer Science and Business Media LLC. http://dx.doi.org/10.1007/s00403-007-0796-z

4. ARAðJO, Lidiane Advincula de; ADDOR, Flavia; CAMPOS, Patrícia Maria Berardo Gonçalves Maia. Use of silicon for skin and hair care: an approach of chemical forms available and efficacy. Anais Brasileiros de Dermatologia, [S.L.], v. 91, n. 3, p. 331-335, jun. 2016. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/abd1806-4841.20163986.

5. OESSER, Steffen. The oral intake of specific Bioactive Collagen Peptides has a positive effect on hair thickness. Nutrafoods, [S.L.], v. 1, p. 134-138, abr. 2020. NUTRAFOODS. http://dx.doi.org/10.17470/NF-020-0019.

6. OH, Ji Young; PARK, Min Ah; KIM, Young Chul. Peppermint Oil Promotes Hair Growth without Toxic Signs. Toxicological Research, [S.L.], v. 30, n. 4, p. 297-304, 31 dez. 2014. The Korean Society of Toxicology. http://dx.doi.org/10.5487/tr.2014.30.4.297

7. SHANMUGAM, Srinivasan; BASKARAN, Rengarajan; NAGAYYA-SRIRAMAN, Santhoshkumar; YONG, Chul-Soon; CHOI, Han-Gon; WOO, Jong-Soo; YOO, Bong-Kyu. The Effect of Methylsulfonylmethane on Hair Growth Promotion of Magnesium Ascorbyl Phosphate for the Treatment of Alopecia. Biomolecules And Therapeutics, [S.L.], v. 17, n. 3, p. 241-248, 31 jul. 2009. The Korean Society of Applied Pharmacology. http://dx.doi.org/10.4062/biomolther.2009.17.3.241.

  1. MUIZZUDDIN, Neelam; BENJAMIN, Rodney. Beneficial Effects of a Sulfur-Containing Supplement on Hair and Nail Condition: a prospective, double-blind study in middle-aged women. Natural Medicine Journal, New Jersey, v. 11, n. 11, p. 76-87, nov. 2019.

9. BASIT, Abdul; ASGHAR, Faiza; SADAF, Saima; AKHTAR, M. Waheed. Health improvement of human hair and their reshaping using recombinant keratin K31. Biotechnology Reports, [S.L.], v. 20, p. 288-345, dez. 2018. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.btre.2018.e00288.Fórmula ideal para crescimento capilar não contém biotina, apontam estudos

Website: https://californiahair.com.br