7/6/2021 – Lei que entrou em vigor em dezembro de 2020 vem chamando atenção do público

Em dezembro de 2020, entrou em vigor oficialmente a Lei Geral de Proteção dos Dados, ou ‘LGPD’ (nº 13.709/2018), a qual regula o tratamento de dados pessoais, com o objetivo de proteger e preservar as informações pessoais dos indivíduos.

Além da obrigatoriedade de ações e novos protocolos a serem adotados, as empresas receberam a informação da necessidade de adequação à transparência nos dados preservados. Segundo a Fortinet, à época, em dezembro de 2020, menos de 30% das empresas preparavam adequadamente os seus funcionários para as ações necessárias ligadas à LGPD. Antes de entrar em vigor oficialmente, a LGPD não era amplamente conhecida pelos consumidores: mais de 70% deles não sabiam do que tratava a LGPD, revelou em abril de 2021 uma pesquisa da Boa Vista, empresa de informações de crédito, realizada entre os meses de agosto e setembro de 2020.

Com a expectativa de um gradual aumento no interesse pelo tema, torna-se cada vez mais importante que as empresas estejam acompanhando as ações necessárias para atender à LGPD. A rede B&B Hotels, por exemplo, decidiu estruturar o processo de implantação de forma completa, garantindo que todo o ciclo de informações de seus dados fosse seguro e transparente. Além disso, a marca conta com uma nova Chief Compliance Officer, Patrícia Máximo, que está à frente do comitê responsável pela implantação no Brasil do programa ‘compliance’ da marca globalmente.

“Vivemos em dias em que todas as informações estão muito expostas e, apesar disso, as pessoas procuram cada vez mais resguardar seus dados, sua vida, seu direito de mantê-los em sigilo e a certeza de que seus dados não serão repassados a terceiros. É imprescindível que tratemos esses dados de maneira muito respeitosa e com total profissionalismo, levando em consideração as leis implementadas em relação a tal, bem como a legitimidade de as pessoas decidirem quais dados podem ser compartilhados, quais dados devem ser resguardados e qual o prazo devido. Diante disso a rede B&B como um todo vem de forma muito enérgica trabalhar no tratamento dessas informações, através de um comitê que está sendo implementado no Brasil, com participação efetiva de todo o corpo jurídico, além do envolvimento do CEO da marca e demais diretores”, diz Máximo.LGPD recebe cada vez mais atenção das empresas

Website: http://www.hotelbb.com/