São Paulo 24/2/2021 – Certamente, os shoppings encontrarão seu caminho, mas, por ora, os strip malls estão oferecendo um ambiente aberto e adequado às mudanças geradas pela pandemiaStrip malls, centros comerciais surgidos nos Estados Unidos, são um modelo de negócio que só cresce no Brasil por oferecerem ambientes amplos, com lazer, entretenimento e experiências aos clientes.

A redução do movimento e das compras em shopping centers foi um dos principais reflexos da pandemia de Covid-19 no Brasil. Mesmo com a diminuição das medidas de restrição, muitas pessoas ainda têm receio de visitar esses espaços fechados.

Dados da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) indicam que o faturamento do setor de shoppings caiu 33,2% em 2020. Foram R$ 128,8 bilhões contra R$ 192,8 bilhões em 2019. Certamente, esse tipo de negócio terá que se reinventar, tornando-se mais abertos e oferecendo experiências e boa gastronomia.

Neste momento de queda nas vendas, lojistas têm buscado soluções mais econômicas e vantajosas para os seus negócios. Os strip malls, centros comerciais de vizinhança, têm se destacado por oferecerem espaços de convivência, entretenimento e alimentação amplos e ao ar livre.

“Prova disso é que, mesmo em um período difícil, assinamos um contrato com a rede de cervejaria artesanal 3 Américas para um espaço de aproximadamente 500 m2 de área”, explica Marcos Saad, fundador da MEC Malls, empresa que faz a gestão do empreendimento Villa Multimall, que receberá a choperia na cidade paulista de Santa Bárbara d’Oeste. “Certamente, os shoppings encontrarão seu caminho, mas, por ora, os strip malls estão oferecendo um ambiente aberto e adequado às mudanças geradas pela pandemia, trazendo atratividade ao consumidor”, completa.

Empreendimentos desse tamanho precisarão, cada vez mais, oferecer experiências ao consumidor para crescerem e atraírem mais clientes. Dados da ABMalls (Associação Brasileira de Strip Malls) indicam que os gastos para os lojistas em strip malls chegam a ser dez vezes menores na comparação com os custos em shopping centers e, por estarem localizados em pontos estratégicos, no caminho de muitos consumidores, são mais utilizados para compras e serviços do dia a dia.

“Esta será a maior operação do gênero em toda a região de Santa Bárbara d’Oeste”, completa Saad, destacando que a choperia será inaugurada no mês de julho, juntamente com o cinema, que está sendo revitalizado.

Atualmente, a ABMalls possui cerca de 150 empreendimentos associados. Estima-se que esse número cresça nos próximos anos, dada a popularidade dessa modalidade de negócio, que surgiu nos Estados Unidos, mas ganhou, aos poucos, os consumidores brasileiros.Crise em shopping centers abre oportunidades de negócio em centros comerciais

Website: https://www.mecmalls.com