Minas Gerais 7/6/2021 – Com aumento da presença da internet na rotina dos brasileiros, novas formas de impulsionar marcas são adotadas

A soma de cidadãos com acesso à tecnologia no Brasil cresce a cada ano. No término de 2019, o número de brasileiros com 10 anos ou mais conectados à internet era de 143,5 milhões, o que representa 78,3% da população.

Olhando para trás, é possível observar o desenvolvimento da adesão no país: em 2016, 64,7% da população utilizava a internet. Em 2017, a porcentagem teve um tímido avanço: 69,8%. No ano de 2018, a marca chegou aos 74,7%. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, divulgada pelo IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Aumento do comércio eletrônico

Em paralelo, também houve crescimento das vendas online no decorrer dos últimos anos. Em 2020, mesmo diante da pandemia, o Brasil registrou seu recorde, com mais de mais de R$87 bilhões em vendas no ano, de acordo com o relatório “Webshoppers” da Ebit Nielsen.

Ainda citando a fonte anterior, foi possível constatar crescimento de 30% nos pedidos em relação ao ano de 2019. A porcentagem representa 194 milhões de compras, realizadas por 79,7 milhões de usuários que dão preferência à compra on-line. O cenário traz oportunidades para novos negócios – e novas formas de implementar o Marketing. 

Impacto dos influenciadores digitais

“No passado era comum buscar informações e recomendações de produtos e serviços com amigos e familiares que tiveram experiências anteriores. Com a tecnologia, a internet passou a ser uma aliada”, diz Jordania Gabrielle, influenciadora digital e empreendedora. Dessa forma, muitas empresas utilizam as redes sociais e influenciadores digitais para divulgar seus conteúdos. 

Os anunciantes procuram influenciadores alinhados com os objetivos e valores de suas marcas, em busca de um maior alcance de suas campanhas. Estas, são realizadas em sua maior parte no Instagram, YouTube e Facebook, segundo uma pesquisa da Kantar Ibope e Squid, que reuniu 40 anunciantes de 23 empresas e 17 agências.

O “novo normal” também impulsionou o setor. De acordo com a pesquisa “Marketing de Influência em tempos de Pandemia de COVID-19” realizada pelas empresas Youpix e Brunch, 77% das 164 marcas entrevistadas julgam que os influenciadores digitais podem ser aliados neste momento de crise.

Para Jordania, o momento foi promissor. A influencer, que já reúne mais de 140 mil seguidores em seu Instagram, atua como promotora de 40 marcas atualmente. Além disso, também se aventura no mundo do empreendedorismo com sua marca de cosméticos.

Para saber mais, basta acessar: https://www.instagram.com/jordaniagabrielleoficial/Segundo dados, 77% das marcas veem influenciadores digitais como aliados

Website: https://www.instagram.com/jordaniagabrielleoficial/