A Atento anuncia nesta semana a abertura de 1.767 vagas de emprego no país, sendo 1.720 para a área de atendimento ao cliente e 47 para trade marketing. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

Do total de oportunidades, 1.118 são para moradores do estado de São Paulo, sendo 8 vagas para a área de Trade Marketing, para os cargos de Consultor de Negócios e Consultor Comercial, localizadas na capital São Paulo (5), Santos (1), Marília (1) e Tupã (1) e 1.110 vagas para o cargo de operador de atendimento, disponíveis na capital, São Paulo (350), Ribeirão Preto (60), São Bernardo do Campo (250), São Caetano do Sul (300) e em Santos (150).

Para todas as posições a Atento tem como exigência a conclusão do ensino médio, bom vocabulário, boa dicção, fluência verbal, desenvoltura no relacionamento interpessoal, dinamismo, conhecimentos em informática e habilidade em digitação e residir no município referente à vaga.

Para as vagas de operador de atendimento não é necessário ter experiência anterior. Já para os profissionais de Trade Marketing, os candidatos devem ter idade acima dos 20 anos, veículo próprio e disponibilidade para viagens. O salário é compatível com o mercado e são oferecidos, como benefícios, vale-alimentação, vale-refeição, auxílios creche e criança especial e todas as especificações da CLT.

Os profissionais de trade marketing, ainda, contarão com ajuda de custo para deslocamentos. Todas as oportunidades estão disponíveis para pessoas com deficiência e beneficiários reabilitados da Previdência Social.

É possível se candidatar até domingo, 10 de novembro, enviando e-mail para recrutamento@atento.com.br (vagas operacionais) ou traderh@atento.com.br (vagas de trade marketing), com currículo, nome, cidade, telefone e DDD, ou pelas redes sociais da Atento.

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Veja também
Western Digital estreia na BGS com lançamentos, torneios de eSports e meet & greet
Focada em elevar experiência gamer, Samsung lança o notebook Odyssey 2
Pro Clubs do FIFA 19 e a profissionalização do eSport no Brasil