Home Cultura Certificações: Por que elas são importantes e precisam evoluir com as máscaras

Certificações: Por que elas são importantes e precisam evoluir com as máscaras

Assim como novas variantes virais continuam a ser encontradas, produtos precisam inovar dentro de um espaço de tempo e levar cada vez mais segurança a quem usa



Antes da pandemia causada pelo novo coronavírus, era quase impensável ver grande parte da população usando máscaras de proteção na rua. Contudo a situação mudou, principalmente após o governo do estado tornar seu uso obrigatório. Mesmo assim, ainda há dúvidas de parte da população quanto a necessidade e ao benefício do seu uso. 

As máscaras funcionam como uma barreira física efetiva para a liberação de gotículas no ar quando há tosse, espirros e até mesmo durante conversas. Seu uso é importante principalmente em locais em que não é possível manter uma distância mínima de segurança. Apesar de sua eficácia, seu uso deve ser acompanhado de outras medidas de proteção como limpeza frequente das mãos e distanciamento físico de dois metros de outras pessoas.

Com o passar do tempo e a disseminação da covid, as pessoas passaram a utilizar mais essa forma de proteção, mas muitas vezes adquirindo máscaras sem qualquer critério de fabricação, podendo – mesmo utilizando uma máscara – não estar efetivamente protegidas do vírus.

Assim, é importante buscarmos sempre um produto que não esteja no mercado devido apenas um padrão estético, e sim cuja principal questão seja: ter segurança e garantia de que o produto vai mesmo evitar contaminações. Assim a importância de certificações de órgãos competentes se mostram essenciais para o mercado. E juntamente com essa preocupação a Knit surgiu.

O produto, feito por empreendedores do Rio Grande do Sul, veio como uma forma de se retomar a produção local por meio da criação das máscaras, e foi a única máscara no mercado a ir atrás e conseguir certificações de órgãos oficiais como relatórios técnicos do Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçados e Artefatos (IBTeC), que afirmam a redução do vírus após contato com o tecido antiviral da máscara e capacidade de repelência de fluidos. Além deles, também possuem certificação de BFE, ou seja, da determinação de eficiência de filtragem bacteriana em máscaras cirúrgicas.

Certificações: Por que elas são importantes e precisam evoluir com as máscaras

De acordo com Henrique Zorzi, Fundador da Knit, um dos desafios que fizeram eles mudarem e evoluírem constantemente foram os preceitos de segurança, proteção e sustentabilidade que eles enxergam que o produto e a marca precisam entregar. “Estamos cientes de que uma marca não pode apenas visar o lucro, mas já nascer e se guiar por questões sociais e ambientais desde seu início. Quando criamos o conceito da Knit, as máscaras não poderiam ser apenas modelos estéticos bacanas, mas que também não colocassem as pessoas em risco de pegar uma doença mortal, como o caso da Covid-19” conta Henrique.

Proteção unida à sustentabilidade
A iniciativa da marca passou a ser buscar atualizações do produto e por certificações que, cada vez mais, garantisse um produto atual e seguro, com tecido capaz de repelir vírus e bactérias, além de incrementar a gama de mais itens com o mesmo conceito de wellness, trazido na criação da máscara. “Além dessa visão, outro ponto que trouxemos foi o desafio da sustentabilidade para tudo o que produzimos. Por isso, buscamos diminuir o impacto de materiais que causem danos ao meio ambiente, além de trazer para nosso ecossistema produtores comprometidos com produções que envolvam reciclagem e diminuição de uso de materiais que impactem o meio ambiente”, acrescenta o executivo.

Em relação às máscaras similares do mercado, além de ser a única máscara não cirúrgica dentre todas com certificações, testes e segurança, a Knit pode ser considerada a mais segura para a prática esportiva e tem sido adotada por diversos esportistas profissionais para realização de treinamentos, entregando também um design único. “O sucesso dos nossos modelos e evoluções das máscaras e agora dos outros produtos que estamos disponibilizando no nosso e-commerce são pensados realmente para que atletas profissionais e pessoas comuns possam ter acesso fácil ao que de melhor se pode oferecer em produtos nessa categoria wellness, que só tem crescido. Sem esquecer de nossos compromissos por uma empresa consciente e humanizada”, finaliza Henrique.

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Quais os cuidados com os cães no verão?
Previous articleO papel essencial da nutrição no desenvolvimento e crescimento das crianças
Next articleSeu pet precisa de um colete salva-vidas?