Home CORPORATE Claro, Embratel e AWS anunciam acordo para acelerar adoção de aplicações na...

Claro, Embratel e AWS anunciam acordo para acelerar adoção de aplicações na nuvem

Primeira iniciativa é o Centro de Excelência de Cloud, focado em inovação e desenvolvimento de soluções integradas de cloud e telecomunicações para diversos segmentos



A Claro, a Embratel e a AWS (Amazon Web Services) anunciam parceria para a geração de novas oportunidades de negócios e para acelerar a adoção de aplicações baseadas em nuvem. Com o acordo, a AWS amplia sua participação na estratégia de inovação e de lançamentos de serviços e produtos da Claro, para aplicações voltadas a consumidores e mercado massivo, e também da Embratel, marca que atende as verticais de Grandes Empresas e Governo.

A primeira iniciativa é a adoção da tecnologia de computação em nuvem da AWS para implementação de um Centro de Excelência de Cloud (Cloud Center of Excellence – CCoE). Este centro de excelência apoia a adoção de soluções em nuvem em diversas iniciativas, segmentos e portfólios da empresa.

Aplicações em nuvem são primordiais na evolução do negócio e dos serviços prestados pela Claro. No mundo móvel, a chegada do 5G potencializa a criação de novas soluções digitais capazes de transformar toda a sociedade e o processamento dessas aplicações em Nuvem Distribuída, também conhecida como Mobile Edge Computing, e será crucial para reduzir latência e possibilitar controle e automação de processos em tempo real.

No segmento residencial, a adoção do streaming, realidade virtual e aumentada e a fragmentação das ofertas de conteúdo leva para a nuvem as redes de distribuição (CDN), abrindo novas oportunidades para a integração de diversos aplicativos e marketplaces, com sistemas de autenticação e pagamento, além da adoção de algoritmos cada vez mais sofisticados de busca e recomendação de conteúdos. As plataformas de vídeo, música e jogos online também migram aceleradamente para a nuvem.

No caso da infraestrutura de rede fixa e móvel, que cada vez mais se baseia em software, a nuvem viabiliza uma arquitetura de serviços convergente e distribuída, transformando-se em plataforma fundamental para a virtualização de elementos e funções de missão crítica para a oferta de conectividade e aplicações de alta performance por parte das operadoras de telecomunicações.

A Claro irá acelerar ainda mais a transformação de seus processos internos, com metodologia ágil no desenvolvimento de novas soluções, como comércio eletrônico, atendimento digital, sistemas de gestão, automatização e produtividade.  No segmento de Grandes Empresas e Governo, a Claro também expande sua atuação através da Embratel, cada vez mais reconhecida como integradora e desenvolvedora de soluções completas e customizadas. Juntas, Claro, Embratel e AWS atuam somando suas soluções para potencializar a Internet das Coisas, com arquiteturas baseadas em microsserviços, sempre de forma segura e eficiente, capazes de atender aos mais diversos segmentos.

“A colaboração é inédita no Brasil e focada em um elo transformador na digitalização da nossa sociedade. A Claro vem ampliando sua participação no mercado de nuvem através da Embratel, atendendo a demandas crescentes de serviços. E também operando suas próprias aplicações corporativas cada vez mais nesse ambiente. Com a tecnologia 5G, cada vez mais será necessário o processamento de aplicações de alta performance e baixa latência. Trata-se do momento ideal para fortalecermos a parceria com a AWS e acelerarmos ainda mais em inovação e na geração de novos negócios, para todos os segmentos de atuação da empresa”, afirma Mário Rachid, Diretor Executivo de Soluções Digitais da Embratel.

“Esse é um projeto construído a quatro mãos, no qual o time da AWS já capacitou cerca de 350 especialistas da Claro na nossa cultura de nuvem focada em inovação, modelo de engajamento de clientes e desenvolvimento de produtos. Estamos fornecendo nosso know-how e nos aliando a um grande player do mercado, para desenvolver produtos e serviços para acelerar adoção de nuvem para nossos clientes em comum e buscar novas oportunidades de mercado”, comenta Cleber Morais, diretor geral da AWS no Brasil.

Com base em squads, equipes multidisciplinares atuam conjuntamente, reunindo profissionais e especialistas da operadora, da AWS e de clientes engajados em cada projeto, com foco em desenvolvimento ágil de soluções customizadas e adequadas a cada vertical ou segmento.

Embratel e AWS vão compartilhar também esforços comerciais e a sinergia das suas forças de vendas, desenvolvimento e suporte. A aposta é apoiar da melhor forma os clientes da Claro e da Embratel, sejam eles de governo ou empresas privadas de todos os portes e segmentos, que também estiverem iniciando ou aprimorando suas jornadas para adoção estratégica de nuvem.

Além do Centro de Excelência de Cloud e da atuação conjunta para acelerar o mercado de aplicações em nuvem, a integração de novas soluções da AWS no portfólio da Claro e da Embratel também deve ocorrer nesse período, como, por exemplo, as ofertas de AWS Outposts e de AWS Wavelength. O AWS Outposts é um serviço gerenciado de computação e armazenamento totalmente configurável construído com hardware projetado pela AWS. Ele permite aos clientes executar computação e armazenamento em nuvem a partir de um Data Center ou instalação on-premises, enquanto se conecta perfeitamente ao resto da ampla gama de serviços da AWS.

Já o AWS Wavelength permite a adoção de edge cloud utilizando a infraestrutura da própria AWS, inclusive para suporte de aplicações de terceiros, otimizando tempo de resposta e performance compatíveis com as redes fixas e móveis de última geração.

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Quais os cuidados com os cães no verão?


Previous articleConsultoria no setor da saúde pode ser ferramenta essencial no momento de crise
Next articlePaulo Vizaco assume diretoria de Etail para Latam