Home CORPORATE ARTIGO Como a modernização de aplicativos pode alavancar os negócios no setor varejista?

Como a modernização de aplicativos pode alavancar os negócios no setor varejista?

Com a chegada da Black Friday e o crescimento expressivo no volume de compras neste segmento, preparar a estrutura tecnológica das empresas pode ser a chave para uma operação de sucesso neste período

Por Cleyton Leal *

Desde o início da pandemia, o setor varejista foi afetado, seja por conta das incertezas no volume de consumo, ou pelas mudanças rapidamente impostas pelo “novo normal”. De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel), com empresários do segmento, 32% revelaram que tiveram dificuldades em reagir às mudanças geradas pela pandemia em suas empresas.

Por isso, estar tecnologicamente preparado para enfrentar situações adversas e inesperadas torna-se ainda mais importante e estratégico. Neste cenário, a modernização de aplicativos surge como uma solução para auxiliar as empresas a atualizarem seus sistemas, oferecerem um atendimento mais eficiente aos consumidores e alavancarem seus negócios. Mas, de que maneira a modernização de aplicações pode apoiar o setor varejista, especialmente em datas sazonais e circunstâncias singulares?

Benefícios da Modernização de Aplicativos
Aplicações modernas são resilientes o suficiente para que possam ser escaláveis e utilizadas o quanto forem necessárias, além de oferecer mais flexibilidade, uma vez que se caracteriza como arquitetura moderna, capaz de agregar componentes próprios ou de terceiros, para se adaptar às necessidades de negócios propostas. As organizações que modernizam seus aplicativos obtêm diversos ganhos, os quais podem ser chamados de “fatores da competitividade”, como custo, qualidade, agilidade, flexibilidade e inovação.

Com relação aos custos, ao modernizar aplicativos, é possível utilizar infraestruturas ou arquiteturas modernas que reduzem os custos das aplicações em média de 40% a 50%, com casos de redução de até 70% dos gastos. Já em relação à qualidade, as atividades operacionais são automatizadas, permitindo que o tempo dos colaboradores seja investido em outras tarefas estratégicas.

No quesito agilidade, a modernização de aplicativos não apenas simplifica o processo de implantação de novos recursos, como oferece suporte às estratégias de tecnologias ágeis e aumenta a velocidade de entrega da empresa. Enquanto a flexibilidade, garante, independentemente da situação, adaptação sem se preocupar com dependências, ou seja, mudar e crescer com as transformações do mercado e da empresa.

Por fim, o último benefício, a inovação, torna-se possível pois as aplicações modernas permitem conexão com outras aplicações, além de realizar buscas de informações nas redes sociais e personalização para o cliente.

Modernização de Aplicativos x Black Friday
Na última sexta-feira do mês de novembro acontece a Black Friday, dia mundialmente conhecido por oferecer os maiores descontos aos consumidores e abrir a temporada de compras para o Natal. Deste modo, o volume de compras aumenta significativamente nesta data, sendo um período de extrema importância para o setor de varejo, o qual deve estar preparado, especialmente na área tecnológica, com seus aplicativos modernizados.

Com uma estrutura de aplicação moderna, a infraestrutura é utilizada como código e passa a escalar automaticamente de maneira muito ágil para que a aplicação continue operando de modo resiliente. Além disso, a modernização de aplicativos garante o monitoramento contínuo do tráfego, bem como a obtenção e acesso a todos os dados, a fim de observar se está ocorrendo algo fora do normal.

Se uma empresa está trabalhando com uma aplicação antiga, é essencial escalar toda a infraestrutura para suportar o crescimento da demanda, ou seja, contemplar todos os componentes: e-commerce, vendas e financeiro. Diferentemente da aplicação moderna, que escala um componente de cada vez, garantindo uma redução de custo na escalabilidade e aumento da velocidade, além de contar com as automações para escalar on-demand.

Principais desafios da modernização de aplicativos no Varejo
As empresas do segmento varejista não devem ter dúvidas: modernizar suas aplicações é o caminho ideal para ao menos começar a alavancar os negócios. Porém, existem alguns desafios neste processo, sendo o primeiro deles, a falta de expertise sobre o processo. Ou seja, as organizações sabem que é importante modernizar, mas não por onde e como começar.

Além disso, há uma ausência de capacidade de investimento, tanto de recurso, quanto de mão de obra. Atualmente, muitas organizações ainda lutam com uma lacuna de habilidades de TI e a escassez de profissionais especializados no mercado. Por fim, com o envelhecimento de algumas tecnologias, as empresas também sofrem com a falta de suporte dos provedores de aplicativos não preparados para aconselhar sobre determinada modernização.

Mais do que nunca, é fundamental considerar um parceiro qualificado para conduzir o processo de modernização de aplicativos, que esteja preparado para oferecer o suporte necessário durante qualquer situação, especialmente em datas sazonais, como a Black Friday. Se o ritmo da inovação está aumentando a passos largos, a modernização de aplicativos pode ser o diferencial estratégico para garantir um retorno sobre o investimento das empresas, mantendo-as competitivas e atraentes no mercado.

* Cleyton Leal é Líder de Serviços de Aplicativos da SoftwareONE

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Mitos e verdades sobre o refrigerador side by side da Samsung, com três portas
Previous article5 coisas que você não sabia sobre a tela interativa Flip
Next articleConexão entre pessoas e futuro é o foco da segunda edição da Virtual X da BASF