Home CORPORATE ARTIGO Como a tecnologia pode transformar a gestão de pessoas

Como a tecnologia pode transformar a gestão de pessoas

Nos tornamos muito mais digitais, mas ainda somos humanos e é a inteligência e a nossa capacidade de transformar dados em ações



Por Donisete Gomes *

Faça uma análise da sua rotina durante o dia e se questione: quão dependente da tecnologia eu sou? Sua resposta provavelmente não será diferente da realidade de mais de 150 milhões de pessoas, o equivalente a 81% da população brasileira, segundo a pesquisa “TIC Domicílios 2020”, elaborada pelo Cetic.br (Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação), em parceria com a Unesco e o Cgi.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil).

A tecnologia já faz parte do nosso dia a dia em casa, na escola e, claro, no trabalho. Nos tornamos muito mais digitais, mas ainda somos humanos e é a inteligência e a nossa capacidade de transformar dados em ações que tem sido o grande trunfo do mercado. Atualmente existe uma gigantesca oferta de dados e um desafio constante de transformar essas informações em meios valiosos para a tomada de decisões, contribuindo para uma gestão mais estratégica e tática dentro das organizações. De acordo com previsões da IDC, entre 2021-2025, a criação e replicação de dados globais terá uma taxa composta de crescimento anual (CAGR) de 23% durante o período, saltando para 181 zettabytes em 2025.

Esse trabalho conjunto entre tecnologia e inteligência humana, ou seja, pessoas, é responsável por gerar mudanças positivas tanto nas atividades de cada profissional, como no desempenho inteiro das empresas. Dentro das mais diferentes áreas de uma organização, as soluções de ponta têm sido responsáveis por otimizar processos, reduzindo custos e aumentando a produtividade. Uma das principais ferramentas nesse sentido é o Software as a Service (SaaS) – ou Software como serviço, em português – que permite a conexão de diversos aplicativos por meio de uma nuvem. Segundo relatório da Forrester, o consumo global de SaaS atingiu US$ 500 bilhões, abrangendo empresas de vários tamanhos, e sendo implementado nas mais variadas áreas.

SaaS para o RH
O futuro do RH está cada vez mais tecnológico, e contar com o auxílio de soluções SaaS pode simplificar e acelerar ainda mais a evolução da área de Gestão de Pessoas. Há uma necessidade cada vez maior dentro das organizações de mitigar tarefas complexas da área, o que vem pavimentando o caminho para o surgimento do software de RH baseado em SaaS. Os benefícios que essa ferramenta oferece são inúmeros, e vão desde o recrutamento até a integração, treinamento, programação, avaliação e benefícios. Ou seja, a gestão eficaz dos recursos humanos é fundamental para o sucesso das empresas.

Digitalizar e automatizar a área tem sido mandatório para as companhias que querem crescer de maneira sustentável.  Um estudo da Mckinsey sobre como o RH molda o futuro de uma organização destaca como a mudança para o digital ganhou ainda mais impulso durante a pandemia: 85% das empresas aceleraram o ritmo de sua digitalização. Além disso, 66% dos executivos ouvidos ​​exigiram que as organizações abordassem as lacunas de habilidades existentes encontradas nos colaboradores em relação a automação e digitalização.

É nesse contexto que o SaaS entra. O sistema ajuda a eliminar processos manuais, diminui a possibilidade de erros e exclui a redundância de atividades. Com isso, os profissionais têm mais tempo para se dedicar a atividades estratégicas, traçando planos de ação efetivos, capazes de endereçar temas importantes para o crescimento da empresa e, principalmente, dos profissionais.

Os demais colaboradores também ganham autonomia, podendo acessar informações salariais, checar benefícios ou avaliação de desempenho em poucos cliques. O relatório da SaaS Metrics sobre como o software de RH alterou os fluxos de trabalho internos também aponta que ele ajuda a fechar as lacunas em uma organização, aproximando as equipes de RH dos funcionários.

Outra vantagem é a possibilidade de escalar e flexibilizar os recursos de forma rápida e prática. Por exemplo, caso a empresa cresça e amplie o número de funcionários, o maior volume de trabalho para registro dessas informações é facilmente absorvido pelo software, garantido assertividade e eficiência.

Além disso, a ferramenta é capaz de lidar e armazenar um alto número de dados com segurança. A empresa elimina a necessidade de manter grandes espaços para comportar servidores físicos. Sem contar que a disponibilidade do sistema resulta em agilidade e, o fato de estar na nuvem, possibilita o acesso de onde quer que esteja.

Gestão assertiva
O papel que o RH desempenha nas companhias hoje em dia vai além de se responsabilizar por atividades operacionais de contratações, desligamentos ou gestão de benefícios, por exemplo. Os profissionais dessa área têm cada vez mais, um papel estratégico e fundamental dentro das organizações.

Uma estrutura baseada em cloud computing é capaz de alcançar uma gestão mais assertiva e inteligente, visto que facilita a tomada de decisões, deixa de lado as rotinas burocráticas para definir o crescimento dos colaboradores da empresa, inclui um mindset digital e otimiza as tarefas. O RH inteligente, como é conhecido, faz com que os processos do setor sejam vistos de forma mais ampla. Assim, a alta gestão também consegue acompanhar as demandas de forma mais eficiente.

O sistema SaaS pode transformar a dinâmica de trabalho do setor de recursos humanos ao perceber custos invisíveis do negócio e otimizar o trabalho desses profissionais ligados à gestão de pessoas, junto com a transformação digital. Afinal, todos buscam ferramentas precisas que entreguem resultados verdadeiros e em pouco tempo. Trata-se da junção ideal entre agilidade e assertividade.

* Donisete Gomes é CEO da Movidesk

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Mitos e verdades sobre o refrigerador side by side da Samsung, com três portas
Previous articleComo funciona o Protocolo TLS 1.2 e como é ativado
Next articleQual o conceito de PIS e seus usos no setor empresarial?