NOVIDADES

Cyberviolência contra mulheres deve combatida, diz relatório da UNESCO


by 29 de setembro de 2015 0 comments

A cyberviolência contra as mulheres é um problema crescente e deve ser combatido, alerta um relatório da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) focado no desenvolvimento digital. O documento intitulado Cyber-Violence against Women and Girls: A World Wide Wake Up Call examina o fenômeno do VAWG ( cyber-violence against women and girls ) e e diz que ele está emergindo como um problema global com sérias implicações para as sociedades e as economias ao redor do mundo. “Isso representa uma ameaça particular, às metas de desenvolvimento inclusivo e sustentável.

O modelo mais crescente de VAWG, de acordo com o relatório é a “vingança-pornô “, que é o vazamento de fotos íntimas de mulheres. Os comentários trolls misóginos também são relatados. Para a UNESCO, nenhuma delas tem a devida atenção das autoridades. “Na África do Sul, onde vídeos de estupro virais se tornaram particularmente comuns, a cyberviolência não é acompanhada pela aplicação da lei”.

A investigação da Comissão de Banda Larga ( Broadband Commission), sugere que 73 por cento das mulheres já experimentaram algum tipo de violência on-line, que pode incluir…[MAIS]

Pages: 1 2

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.