Home Cultura Dor nos pés: Saiba como tratar e aliviar esse desconforto

Dor nos pés: Saiba como tratar e aliviar esse desconforto

O diagnóstico adequado das causas da dor é importante para a correta indicação de exercícios ou outras ações recomendadas, entre elas a fisioterapia.



Você conhece a fascite plantar? Pode não parecer, mas é uma situação bem comum e que acomete um grande número de pessoas, extremamente dolorosa e que causa muito desconforto, sobretudo na limitação de movimentos e locomoção. Esse desconforto é um processo inflamatório, e os sintomas mais comuns estão associados a dor e queimação no calcanhar, sensibilidade e sensação de rigidez.

A doença geralmente causa dor na sola do pé, um desconforto ao caminhar ou ao correr e sensação de sensibilidade, principalmente na primeira pisada do dia. Além do diagnóstico adequado das causas da dor e eliminar outras causas e doenças semelhantes na mesma região, os exercícios são um poderoso aliado no alívio das dores e na prevenção desse tipo de inflamação.

“Geralmente essa dor é causada por excessos: sobrecarga na região dos pés, estar acima do peso, impacto constante e até mesmo uso de determinados tipos de calçados, como os saltos mais altos. Por conta disso, os exercícios físicos e a fisioterapia são indicados, pois ajudam a fortalecer a musculatura, prevenindo lesões e até mesmo ajudando no tratamento quando o processo de inflamação já está instalado”, comenta Raquel Silvério, fisioterapeuta.

Segundo Raquel, a dor é mais intensa na parte da manhã, ao se levantar ou após períodos de repouso, pois a fáscia tende a se retrair nessas situações. Essa inflamação é mais comum em pessoas com idade acima de 40 anos, em situação de sobrepeso, que praticam atividade física intensa e até mesmo devido a alterações na morfologia do formato dos pés.



“A grande maioria das pessoas não sabem ou não tem noção da quantidade de músculos que os pés possuem, e essas precisam de muito atenção e cuidado. Ao atuar como um amortecedor natural nesses impactos frequentes e recorrentes, os pés acabam sofrendo caso a musculatura dessa região não esteja bem fortalecida, ocasionando as lesões e até mesmo fraturas. ”, explica a fisioterapeuta.

Outro aspecto bem importante é a função de sustentação do pé, evitando assim alterações posturais que podem gerar outros problemas. Portanto, treinar e fortalecer essa musculatura é fundamenta na prevenção, mas é importante reforçar que os exercícios são indicados também para alívio dos sintomas e para a reabilitação da região afetada.

“Entre os principais exercícios indicados estão aqueles que reduzem o impacto, como pilates, hidroginástica, fisioterapia preventiva, priorizando o alongamento dos músculos fascia e todas as outras estruturas envolvidas. ”, conclui a médica.

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Mitos e verdades sobre o refrigerador side by side da Samsung, com três portas
Previous articleSetor de casa e decoração avançou 300% no e-commerce entre 2019 e 2021
Next articleBrasileira recebe o Prêmio Internacional Babá do Ano 2022