Home NOTÍCIAS Efeito do CEO na empresa pode ser mero acaso

Efeito do CEO na empresa pode ser mero acaso



Por vezes surgem artigos publicados em revistas destacando um tal de “efeito CEO”. São textos agradáveis de ler e motivam a acordar cedo para enfrentar os desafios do mundo corporativo, seja porque você tem confiança no executivo principal da empresa ou porque você é esse líder máximo.

Mas um estudo da Texas A&M University, publicado no Strategic Management Journal, o pesquisador e professor de gestão empresarial, Markus Fitza, põe sérias dúvidas sobre esse tal “efeito CEO”. Denominado “The use of variance decomposition in the investigation of CEO effects: How large must the CEO effect be to rule out chance?“, o paper levantou dados estatísticos de 1.500 das maiores empresas americanas entre 1993 a 2012 e descobriu que apenas uma fração do desempenho delas pode ser atribuída ao CEO.

O pesquisador ficou interessado pelo tema ao notar que havia diferenças de estilos de comando entre os chefes das grandes companhias e muitas ideias de sucesso não se mostravam realmente efetivas quando replicadas conforme recomendadas. Havia também a questão do acaso. Forças e movimentos do mercado que não foram previstas agiam de forma diferente não importava se o CEO era considerado bom ou péssimo.

Outra análise que baseou o estudo é a chamada ‘regressão para a média’. Nesse fenômeno estatístico, em um período de tempo suficientemente longo os resultados positivos ou negativos tendem a…[MAIS]

1
2
Previous articleO que estamos tentando provar destruindo iPhones em maluquices?
Next articleBYOD e WYOD: o futuro da sala de reunião