por Marco Barcellos

O evento poderá ser visto ao vivo no YouTube | Veja o endereço no texto
Foto: Divulgação

O livro “O caminho de Abraão” é a primeira obra de ficção do jornalista Jamil Chade e fala sobre o percurso de Hagar, uma francesa filha de imigrantes argelinos que supera todas as barreiras de sua periferia de Marselha para estudar nas melhores universidades do país. A obra leva o leitor à intimidade da guerra na Síria e da epopeia de refugiados em busca de segurança, um tema mais do que atual e que reflete os conflitos da humanidade em pleno século XXI.

Na história de Chade, Hagar é contratada por uma… [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

…multinacional e enviada para coordenar investimentos milionários de uma fábrica na Síria, antes da guerra. Mas o confronto iniciado em 2011 leva aquela mulher a cumprir ordens criminosas de sua direção em Paris. A partir desse ponto, ela passa a se confundir com a história de milhares de sírios que, desesperadamente, tentam driblar diariamente a morte. Sua fuga e caminho adotado pelo Oriente Médio, porém, repete o que Abraão, o patriarca das três grandes religiões monoteístas, traçou de forma mítica há milênios.

Segundo o autor, a mensagem do livro vai muito além de uma história pessoal de uma fuga pois trata-se de um grito desesperado contra o populismo, demagogia e a xenofobia. Contra líderes de todos os lados que, em nome do suposto bem de uma comunidade, defendem injustiças abomináveis contra outros seres humanos.

O livro é, acima de tudo, um apelo para que as pessoas passem a ver o mundo em sua complexidade e o impacto profundo da desigualdade e da perda de direitos fundamentais, 70 anos depois da Declaração Universal dos Direitos Humanos. O modelo existente para combater as diversas crises talvez tenha se esgotado e é essa a mensagem que o autor deixa para reflexão dos leitores.

Nos últimos dez anos, Jamil Chade publicou cinco livros no Brasil e nos EUA. Dois deles foram finalistas do Prêmio Jabuti. Na Suíça, também recebeu o prêmio Nicolas Bouvier por sua obra sobre a fome.

Quem é Jamil Chade
Com viagens a mais de 70 países, Jamil Chade percorreu trilhas e cruzou fronteiras com imigrantes e refugiados, visitou acampamentos da ONU na Europa, África e Oriente Médio e entrevistou membros de governos acusados de crimes de guerra.Correspondente na Europa há quase 20 anos, Chade foi eleito um dos 40 jornalistas mais admirados do Brasil e melhor correspondente brasileiro no exterior em duas ocasiões.

Serviço
O caminho de Abraão
Fé, amor e guerra em travessias separadas pelo tempo
Autor: Jamil Chade
Editora Planeta (2018)
304 páginas
Disponível em e-book e papel
Preço sugerido: R$ 20,90

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Veja também
Livro novo na praça – Antonio Fagundes no palco da história: um ator
Óbidos: uma vila portuguesa para os amantes de literatura
Por que ensinar letra cursiva na era da tecnologia?