A MediaTek anunciou seu primeiro chipset 5G de 7 nanômetros, desenvolvido para a nova geração de smartphones. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

O chipset 5G, com o modem MediaTek Helio M70 5G integrado, inclui a mais recente CPU Cortex-A77, a GPU Mali-G77 e a unidade de processamento de Inteligência Artificial (APU) mais avançada da MediaTek, para atender às demandas de potência e desempenho do sistema 5G, garantindo a melhor experiência para o usuário.

O chipset 5G multimodo oferce conectividade 2G a 4G para acesso à rede atual, enquanto as redes 5G vão sendo lançadas globalmente.

“A tecnologia de ponta deste chipset faz dele o SoC 5G mais potente anunciado até hoje e coloca a MediaTek na vanguarda do design de SoCs 5G”, afirma o presidente da MediaTek, Joe Chen. “Com ele, a MediaTek vai acelerar os lançamentos de dispositivos premium 5G”.

O novo chipset estará disponível nos smartphones comercializados já no primeiro trimestre de 2020, e suas especificações completas serão apresentadas em breve. Os recursos e as tecnologias do SoC 5G integrados da MediaTek para sub-6GHz incluem:

Modem Helio M70 5G
– Velocidade de download: 4.7 Gbps e velocidade de upload de 2.5 Gbps.
– Economia de energia inteligente
– Suporte multimodo, para 2G, 3G, 4G, 5G, além de compartilhamento de energia dinâmico para melhorar a conectividade.

Nova arquitetura IA
Apresenta unidade de processamento de Inteligência Artificial totalmente nova, compatível com aplicativos de IA mais avançados, inclusive para definição de imagens, para que os usuários obtenham ótimas fotos mesmo quando os objetos se movem rapidamente.

A mais recente tecnologia de CPU
– GPU de ponta: Alto desempenho da GPU Mali-G77, que permite streaming e experiências de jogos extremos sem interrupções nas velocidades de 5G.
– FinFET 7nm: É o primeiro SoC 5G do mundo desenvolvido com o processo de produção de 7nm, que oferece maior economia de energia em uma construção compacta.
– Taxa de transferência mais rápida: picos de 4,7 Gps para download (sub-6 GHz) e suporte para New Radio (NR) 2 Component Carrier (CC). Compatível com arquiteturas de rede 5G autônomas (standalone – SA) e não autônomas (non-standalone – NSA).
– Desempenho superior de multimídia e Imagem: Suporta codificação/decodificação de vídeo 4K a 60fps e câmera com resolução superalta (80MP).

Conectividade 5G
O modem Helio M70 integrado suporta conectividade dupla (EN-DC) LTE e 5G, com capacidade de compartilhamento dinâmico de energia, além de suporte multimodo para cada geração de conectividade celular, de 2G a 5G.

Além disso, possui tecnologia de switching de largura de banda dinâmica que aloca a largura de banda 5G necessária a aplicativos específicos para melhorar a eficiência de energia do modem em 50% e assim prolongar a vida útil da bateria.

O atual SoC 5G da MediaTek foi projetado para redes globais 5G abaixo de 6GHz que estão em fase de lançamento na Ásia, América do Norte e Europa.

Em entrevista, Russ Mestechkin diretor de vendas e desenvolvimento de negócios da MediaTek para Estados Unidos e América Latina falou conosco sobre o mercado, a MediaTek, a importância do 5G e dos próximos passos da MediaTek nesse sentido. Acompanhe os principais trechos:

A empresa sempre esteve focada no segmento intermediário. Isso continuará com a chegada do 5G?
“Nós tradicionalmente temos esse posicionamento de trazer tecnologias novas para os modelos mais acessíveis. Temos desenvolvido produtos tanto para o segmento de alto desempenho (processadores Helio X-series) quanto para o mercado intermediário (Helio P), e trabalhamos em parceria com praticamente todas as marcas, e a nossa missão com o 5G é parecida, oferecer as melhores tecnologias e torná-las acessíveis para todos os segmentos”.

“Nosso foco será em entregar SoCs, não apenas modems. Nossa ideia é simplificar. Queremos trazer o máximo de desempenho e especificações para o mercado intermediário, para as pessoas que não querem gastar valores altos em um device”.

Qual a importância do mercado brasileiro para a MediaTek?
“O sucesso de uma empresa do porte da MediaTek está atrelado ao entendimento de que a América Latina não é um único país. Nós estamos no mercado de smartphones faz algum tempo e temos uma participação significante no market share, especialmente na América Latina. O Brasil é um país diferenciado, com leis para proteção de seu mercado e economia, mas conversamos com todos os OEMs em busca das melhores soluções. O país é de extrema importância para nós”.

O que podemos esperar nos próximos anos da MediaTek? Como se dará a popularização do 5G?
“Muita coisa do que o consumidor vê no mercado atualmente é por conta da MediaTek, por isso temos a responsabilidade de continuar inovando, e com o 5G as possibilidades são infinitas. Com a implementação do 4,5G nós falamos com muitos parceiros e empresas locais, e vimos um grande interesse por parte de todos. Existe um alinhamento entre o que as operadoras querem, os clientes buscam e o que nós temos, e os próximos passos é fazer isso acontecer com a chegada de novos produtos (alguns ainda em 2019, e definitivamente em 2020) que atendam a toda essa demanda”.

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

 

Veja também
MediaTek lança Helio P90, com foco em IA e fotos em alta resolução nos smartphones
MediaTek lança Helio P60, primeiro chipset com inteligência artificial
MediaTek anuncia novas soluções para conectar casas e escritórios à Internet das Coisas