NOVIDADES

Museu do Ipiranga realiza sexta maratona de edição para difusão digital de acervo

Museu do Ipiranga realiza sexta maratona de edição para difusão digital de acervo

by 7 de julho de 2020 0 comments

Hoje, entre 14h e 18h, o Museu do Ipiranga e o Wiki Movimento Brasil (WMB) promovem a sexta maratona de edição de artigos sobre o acervo da instituição, desta vez com o título “Cartografias e Territórios”. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

Com o auxílio da equipe do WMB, o público editará os verbetes da plataforma Wiki relacionados ao acervo de mapas do Museu. Para inscrições, clique aqui.

Estará no foco do trabalho de edições a Coleção Fundo João Baptista de Campos Aguirra – ou Arquivo Aguirra, um rico acervo documental que trata da formação territorial de São Paulo, com fichas, mapas, cadastros e fotografias.

Estará em pauta, também, a relação de Affonso Taunay, diretor do Museu do Ipiranga entre os anos de 1917 e 1945, e a cartografia, visto que a primeira sala de exibição organizada em seu primeiro ano como diretor, quando a instituição se transformou em um museu histórico, foi uma sala de mapas com 50 itens.

Por fim, serão abordadas as possibilidades de uso do Open Street Map para mapeamentos colaborativos, e o que tem sido feito no mapeamento interno e externo do Museu junto com o WMB.

A parceria entre o Museu do Ipiranga e o Wiki Movimento Brasil faz parte de um plano mais amplo do Museu de aumentar sua presença no meio digital, em que a Wikipédia é tida como um espaço fundamental.

Já foram realizadas cinco maratonas de edição, com os temas “Mulher, Arte e História”, “Os indígenas no Museu”, “São Paulo fotográfica”, “Lutas pela Independência do Brasil” e “As águas do Museu Paulista”. A ação já impactou cerca de 3,1 milhões de usuários, que visualizaram os conteúdos produzidos na plataforma.

Nesse contexto, a instituição está não só aderindo a práticas de disponibilização de conteúdo, mas também de conhecimento aberto e licenças livres. “Estamos nos preparando para atender as demandas do novo Museu do Ipiranga”, diz Solange Ferraz de Lima, docente, curadora e coordenadora das atividades de cultura e extensão do Museu Paulista da USP.

Diversas instituições culturais ao redor do globo realizaram projetos similares em parceria com a Wikimedia, em iniciativas conhecidas como GLAM-Wiki – sigla para Galleries Libraries, Archives, and Museums (galerias, bibliotecas, arquivos e museus), acompanhada do sufixo wiki, que identifica o conjunto de projetos digitais colaborativos e livres sob a guarda da Fundação Wikimedia.

Junto ao Museu do Ipiranga, a atuação Wiki virou um caso de sucesso global, tanto em relação aos produtos a serem desenvolvidos quanto às tecnologias implementadas no processo. Com isso, a instituição brasileira é líder num movimento internacional ao qual se unem museus, bibliotecas e arquivos de vários países, especialmente na Europa e na América do Norte.

Foram planejados, ainda, três seminários técnicos voltados a desenvolver de forma colaborativa a infraestrutura necessária para a difusão digital livre do Museu, em especial de seu acervo. Inovações esperadas incluem jogos para completar informações sobre obras no museu e aplicativos para construir livros automáticos a partir do acervo.

O terceiro deles, intitulado “Marcações de posicionamento digital”, já tem data para acontecer: 23 de julho. Nesse evento, pretende-se apresentar o desenvolvimento de um aplicativo para a identificação automatizada da localização de objetos em imagens. Mais informações aqui.

“A Wikipédia é um meio digital de impacto global e a participação sistemática do Museu do Ipiranga garante a melhoria real da cultura histórica e científica no Brasil e sobre o Brasil”, comenta João Alexandre Peschanski, presidente do Wiki Movimento Brasil. “As contribuições do Museu do Ipiranga não são apenas transferência de imagens e mídias de objetos de seu acervo; o Museu do Ipiranga atua como um curador digital nessa rede de conhecimentos”, conclui.

Em um projeto piloto, desenvolvido entre 2017 e 2018, o Museu do Ipiranga e o Wiki Movimento Brasil disponibilizaram 23 mil imagens de obras do museu no repositório de mídias da Wikipédia.

Nesse contexto, 130 artigos foram criados na Wikipédia e 1.421 foram melhorados. A expectativa é que se chegue a 30 mil imagens acessíveis livremente, em 2020. O quadro mais importante no acervo, “Independência ou Morte”, de Pedro Américo, foi a peça mais vista na iniciativa GLAM-Wiki do Museu, com 1,1 milhão de visualizações até dezembro de 2019.

Em dezembro de 2016, havia 14.533 bytes de conteúdo sobre o Museu do Ipiranga na Wikipédia. Em dezembro de 2019, o valor havia subido para 87.907 bytes, distribuídos em 106 páginas. A expectativa do Wiki Movimento Brasil é, no mínimo duplicar o valor após as ações previstas para este ano, com uma produção de conteúdo sustentada pelo desenvolvimento de produtos tecnológicos e por atividades intensivas de mobilização comunitária e educacional.

Agenda de eventos

Mulher, Arte e História
27 de março, das 10h às 16h, online. O objetivo é melhorar o conteúdo sobre mulheres no acervo do Museu do Ipiranga, no contexto do Mês da Mulher. Mais informações aqui.

Os indígenas no Museu
17 de abril, das 10h às 16h, online. O evento pretende desenvolver conteúdos na Wikipédia sobre a presença de representações de indígenas no acervo do Museu do Ipiranga. Mais informações aqui.

São Paulo fotográfica
08 de maio, das 10h às 16h, online. Nessa maratona de edição, foram trabalhados na Wikipédia obras que retratam a cidade de São Paulo, com foco nos fotógrafos Werner Haberkorn, Guilherme Gaensly e Militão Augusto de Azevedo. Mais informações aqui.

Lutas pela independência do Brasil
29 de maio, das 10h às 16h, online. Essa editatona contribuiu com conteúdos sobre as várias perspectivas da formação nacional brasileira. Mais informações aqui.

As águas do Museu Paulista
19 de junho, das 14h às 18h. O evento aprofundou os verbetes relacionados às águas dos rios brasileiros e como estão presentes na construção da memória de nosso país. Mais informações aqui.

Cartografias e Territórios
10 de julho, das 14h às 18h. Com o auxílio da equipe do WMB, o público editará os verbetes da plataforma Wiki relacionados ao acervo de mapas do Museu. Mais informações aqui.

 

[/read]
 

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

 

Veja também
Brasil Game Show de 2020 é oficialmente adiada
LG apresenta novo Monitor UltraWide Gamer
Ensino universitário e mercado de trabalho: mind the gap

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.