NOVIDADES

O CIO é um líder digital? Nem tanto


by 29 de setembro de 2017 0 comments

O conceito de transforma√ß√£o digital tem ganhado for√ßa dentro das empresas. O termo engloba as mais disruptivas tecnologias que surgiram nos neg√≥cios nos √ļltimos anos e tamb√©m algo essencial ‚Äď percep√ß√£o afinada para romper limites e uma cultura nova por toda a companhia. Por trazer em si mudan√ßas que vieram com a computa√ß√£o em cloud, big data/analytics, redes sociais, etc, seria natural pensar que o principal executivo de tecnologia seria encarregado de abrir os novos rumos para as empresas. Mas n√£o √© isso que vem ocorrendo, de acordo com um relat√≥rio da consultoria global KPMG.

√Č poss√≠vel ver o avan√ßo do conceito. Cerca de 40% dos CIOs (Chief Information Officer – executivos da √°rea de tecnologia da informa√ß√£o) das empresas pesquisadas pela KPMG possuem uma vis√£o digital e uma estrat√©gia de neg√≥cio que abrangem toda a organiza√ß√£o. Esse percentual revela um aumento em compara√ß√£o com os 27% do levantamento realizado dois anos atr√°s. Apesar disso, desse total, apenas 18% s√£o l√≠deres digitais.

Quem est√° dominando a transforma√ß√£o digital? O relat√≥rio ‚ÄúO caminho para a lideran√ßa em neg√≥cios digitais‚ÄĚ (do original, The route to digital business leadership) aponta que s√£o os outros executivos. ‚ÄúAs estrat√©gias digitais vem sendo abra√ßadas pelas √°reas de neg√≥cios e uma nova gama de cargos‚ÄĚ, ressalta o estudo em uma de suas conclus√Ķes.

Em outro estudo o, CIO Survey 2017, est√£o expostas as distor√ß√Ķes de como a TI enxerga a transforma√ß√£o digital. ‚ÄúOs projetos de TI s√£o complexos demais; trazem a quest√£o da tecnologia propriet√°ria, uma abordagem excessivamente otimista e falta de clareza nos objetivos. Esses s√£o os principais motivos pelos quais os projetos de TI falham.‚ÄĚ

Alinhamento
‚ÄúO grande desafio dos l√≠deres no mundo tem sido alinhar a estrat√©gia de crescimento das empresas aos projetos de TI, de forma eficaz, e que realmente traga algum retorno para a organiza√ß√£o que seja duradouro. Com o avan√ßo constante da tecnologia, muitas empresas de todos os setores ainda est√£o tendo dificuldade em se posicionar com rela√ß√£o a isso. A √°rea de TI deve deixar de ser uma estrat√©gia de neg√≥cio basicamente de suporte e passar a ser uma parte integrante da empresa, proporcionando aos CIOs a oportunidade de trabalhar em estreita colabora√ß√£o com os parceiros de neg√≥cio a fim de conduzir inova√ß√£o por toda a organiza√ß√£o‚ÄĚ, analisa o s√≥cio da KPMG no Brasil, Claudio Soutto.

De acordo com o estudo, as l√≠deres digitais apresentam um desempenho melhor em fun√ß√£o de quatro pr√°ticas que as distinguem das demais organiza√ß√Ķes: foco em inova√ß√£o e crescimento; investimento agressivo em tecnologias √°geis e disruptivas; utiliza√ß√£o de infraestrutura est√°vel e segura; qualifica√ß√£o para alinhar a estrat√©gia de neg√≥cio e a de TI.

‚ÄúIndependentemente de as tecnologias disruptivas serem vistas como uma amea√ßa ou oportunidade, a necessidade de uma transforma√ß√£o do neg√≥cio, viabilizada pelo uso da tecnologia, √© uma quest√£o de sobreviv√™ncia para alguns neg√≥cios e um imperativo estrat√©gico para quase todos os demais‚ÄĚ, complementa.

 

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br

No Comments so far

Jump into a conversation

No Comments Yet!

You can be the one to start a conversation.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de coment√°rios s√£o processados.