Security concept: Lock on digital screen, contrast, 3d render

A McAfee divulgou hoje descobertas sobre como os brasileiros estão abordando sua proteção pessoal em um mundo cada vez mais digital, enquanto planejam viajar a lazer apesar da COVID-19.

De acordo com o 2021 Consumer Security Mindset: Travel Edition da McAfee, 53% das pessoas no Brasil planejam viajar a lazer ainda este ano; desses, 9% planejam viajar para o exterior. Enquanto 94% dos consumidores no Brasil sentem que estão mais conectados digitalmente (com mais dispositivos, mais atividades online dentro e fora de casa, entre outras atividades) por causa da COVID-19; cerca de 2 em cada 3 (68%) indicam ter implementado mais proteção para seus dispositivos e atividades online. Este número é superior à média global de 61%.

Mais surpreendentemente, 81% indicam que a COVID-19 impactou sua preferência por hospedagem ou acomodações de viagem; as acomodações mais preferidas são em hotéis e motéis (28%), aluguel de casa de férias (Airbnb, VBRO) (20%), ficar com a família ou amigos (28%) ou Bed & Breakfast (21%). Esses números mostram que, apesar da Covid, os brasileiros ainda têm interesse em viajar nas férias de julho ou nos finais de semana a lazer e que estão atentos à segurança digital.

“À medida que viajar se torna uma possibilidade real para as pessoas mais uma vez, é uma oportunidade de lembrar a importância de manter seu bem-estar digital e segurança longe mesmo estando longe de casa”, disse Judith Bitterli, vice-presidente sênior de marketing para consumo da McAfee. “Dentro ou fora de casa, as pessoas precisarão acessar serviços bancários, fazer compras online, acessar serviços digitais no aeroporto ou na estrada. Essa simples mudança de ideia ajuda muito a proteger informações pessoais. “

Discrepância de sentimentos e comportamentos dos consumidores
Há uma grande discrepância entre os sentimentos e comportamentos dos consumidores, bem como as melhores práticas de cyber segurança em dentro e fora de casa. Notavelmente, 92% dos brasileiros indicam já ter se conectado a dispositivos ao visitar uma casa que não é a sua, potencialmente os tornando mais vulneráveis ​​a riscos, por estarem mais conectados e menos protegidos.

Os consumidores dizem estar cientes dos riscos cibernéticos associados às suas viagens, mas os comportamentos às vezes permanecem negligentes. Algumas descobertas importantes incluem:

– Os dispositivos mais mencionados aos quais as pessoas se conectam quando visitam uma casa são dispositivos pessoais como laptops e computadores (79%), smart TVs (82%), dispositivos de streaming (76%), alto-falantes Bluetooth (63%) e sistemas de jogos (71% ).

– Enquanto em movimento, as pessoas se conectam a todos os tipos de redes. Os mais mencionados são o Wi-Fi público (48%), a rede doméstica de amigos ou de casas alugadas (52%), Wi-Fi de carros (41%), redes hoteleiras (50%), Wi-Fi do aeroportos (47%) e smart TVs (42%).

– As pessoas esperam um risco maior ao se conectar às redes Wi-Fi nos seguintes locais: Hostels (28%), Hotéis (23%) e casas de aluguel (18%).

– As pessoas esperam apenas um risco baixo ou nenhum risco ao se conectar em sua própria casa (90%), na casa de amigos (74%), em uma casa alugada (55%) ou em um hotel (48%).

– Vistos como mais vulneráveis ​​a ameaças cibernéticas são as redes Wi-Fi (73%), o computador pessoal (68%), dispositivos domésticos inteligentes (19%), Smart TVs (22%) e sistemas de jogos (21%).

Mantendo sua segurança digital durante as férias
Com o aumento da conectividade e da adoção de dispositivos em 2021, os consumidores devem entender os riscos cibernéticos e como proteger melhor suas informações pessoais. Eles precisam tomar iniciativa em proteger todos seus dispositivos conectados durante uma viagem, mantendo ativamente sua segurança quando estiver em ambiente digital.

A McAfee traçou um caminho que os consumidores podem seguir para se proteger e manter sua família protegida:

– Tenha cuidado ao conectar-se a um Wi-Fi público. Durante as férias, verifique se a rede Wi-Fi disponível está segura e conectada à uma fonte confiável. Certifique-se de não realizar transações financeiras ou compartilhar quaisquer dados pessoais enquanto estiver em uma rede Wi-Fi pública.

– Considere usar uma solução de segurança holística. Saiba quais ferramentas estão disponíveis para você ficar tranquilo, sabendo que sua identidade e informações pessoais em todos os seus dispositivos estão protegidas nesta temporada de viagens de verão.

– Atualize seu software. Antes de viajar, verifique se há atualizações de software em seus dispositivos. As atualizações costumam corrigir bugs de segurança e selar rachaduras no sistema.

– Mantenha os dispositivos protegidos e próximos. Turistas distraídos são o alvo perfeito para ladrões que procuram roubar dispositivos – seja um telefone, laptop, tablet ou videogame. Certifique-se de que as contas tenham autenticação multifator para verificar a autenticidade dos usuários digitais caso o dispositivo caia nas mãos erradas.

Metodologia do Travel Edition 2021 Consumer Security Mindset da McAfee:
A McAfee encarregou a MSI International de conduzir uma pesquisa com mais de 1.000 adultos em cada país em abril de 2021, com idades entre 18 e 75 anos.

Este comunicado à imprensa inclui apenas dados da pesquisa Brasil. Pesquisas adicionais foram realizadas no Canadá, Reino Unido, Alemanha, França, EUA, México, Austrália, Cingapura, Indonésia e Índia. Os dados para essas regiões podem ser solicitados por meio do contato de mídia abaixo.

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Quais os cuidados com os cães no verão?