Home Cultura Podcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundial

Podcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundial



Fonte de informação e entretenimento, os podcasts, programas narrados exibidos em plataformas digitais sobre temas diversos, estão crescendo e cada vez mais fazendo parte do cotidiano da vida coletiva. De acordo com um estudo realizado pela Globo em parceria com a Kantar Ibope Media, o Brasil ocupa o 5º lugar no ranking de países que mais consomem podcasts no mundo, sendo que 57% dos ouvintes afirmaram ter passado a consumir esse tipo de mídia no período da pandemia.

Ainda segundo dados do IBOPE para a Pesquisa Globo Podcast em 2020, o perfil predominante dos ouvintes é constituído por homens de 25 a 34 anos, da classe C e, em sua grande maioria, habitantes da região Sudeste. Assim como os tradicionais programas de rádio, os podcasts costumam ser ouvidos durante tarefas domésticas, no trânsito para o trabalho ou faculdade e junto às atividades físicas, sendo o grande atrativo desse tipo de formato a linguagem mais informal sobre alguma área de interesse por parte do ouvinte.

Tais características do formato, junto ao crescimento das plataformas, fizeram com que muitos ouvintes passassem a ter interesse em produzir seus próprios podcasts. No entanto, por ser um formato que já está ativo desde 2004, muito se aprimorou e, hoje em dia, as exigências para inaugurar um podcast com um alcance, qualidade e conteúdo satisfatórios são grandes. Caso contrário, é bem provável que um programa feito de forma amadora não tenha um alcance e repercussão desejados.

Fernando Vítolo, empreendedor, comunicador e fundador da Younik, empresa que presta consultoria para o desenvolvimento de podcasts e programas no YouTube, afirma que um grande erro que os iniciantes cometem é ficar pensando somente em número de visualizações ou de plays. 



Para Vítolo, o negócio precisa pensar estrategicamente, qual público deseja atingir, o que o seu cliente quer ouvir e pensar profissionalmente sobre como manter um podcast com qualidade. Desse modo, as métricas para atingir resultados satisfatórios em termos de conteúdo e público se tornam mais palpáveis e a plataforma passa a ser um investimento mais assertivo.

A Younik atua junto dos seus clientes desde a gravação, edição, publicação, SEO dos episódios até a administração dos comentários nas plataformas. De acordo com Vítolo, é muito mais fácil para quem está começando, ter uma assessoria já estruturada com cases de sucesso para que a fase inicial não seja tão penosa. 

 

Podcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundialPodcasts crescem e Brasil ocupa o 5ª lugar no ranking mundial

Previous articleFérias de julho: demanda por pacotes de turismo aumenta em 100%
Next articleInvenção de Karl Elsener, canivete suíço completa 125 anos