No dia 14 de janeiro de 2020 será encerrado o suporte do Windows 7, sistema operacional da Microsoft lançado há dez anos. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

Com isso, a versão deixará de receber atualizações e computadores com este sistemas serão considerados desprotegidos, trazendo riscos de segurança. Porém, para o mercado, essa notícia pode abrir uma janela de oportunidades.

De acordo com Cleber Felix, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Microsoft, a transição do Windows 7 para o Windows 10 abre um mercado de 5 milhões de usuários no Brasil, sendo 3 milhões corporativos. Eles precisarão da ajuda para migrar suas operações para o novo sistema e é aí que as integradoras podem se beneficiar.

A situação permitirá agregar mais valor para as ofertas, diz Felix. “Será uma oportunidade para as integradoras oferecerem outros serviços e produtos, como o Office 365. Levar os clientes para a nuvem pode ser um passo natural para quem está avançando para o Windows 10”.

Felix também lembrou que o Windows 10 deverá ser a última versão do sistema operacional da Microsoft e que só receberá atualizações. No entanto, usuários têm reclamado da quantidade dessas atualizações.

“Isso só reforça a necessidade de atualização do Windows 10. Quantos mais atualizações, mais protegido fica o sistema”, diz ele. “Se houve erros, pode-se contatar o suporte da Microsoft.”

E você, qual versão do Windows usa? Pretende atualizar?

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA
Prazo no fim: Usuários do Windows 7 ficarão sem suporte a partir de janeiro

Veja também
Vulnerabilidade grave no Windows pode ter consequências semelhantes ao WannaCry
PROTESTE divulga as melhores formas de proteger seu Windows ou Mac
Android deverá ultrapassar o Windows como sistema operacional mais utilizado no mundo