A partir de hoje (26), o aplicativo do Google Maps passa a oferecer no Brasil o modo de navegação para motocicletas. [read more=”Continuar lendo…” less=”Menos”]

A funcionalidade, que já auxilia motoristas de carros em todo o mundo a chegar ao seu destino mostrará as melhores opções de rotas para os donos de veículos de duas rodas e o tempo estimado de viagem por meio da função moto.

Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em 2018, havia mais de 26 milhões motos registradas em todo o país. Uma frota que corresponde à média de uma moto em circulação para cada 8 habitantes.

Há 10 anos, essa relação era de uma motocicleta para cada 14 habitantes, de acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

“Diante desses dados e do constante crescimento do uso de motocicletas no Brasil, o Google busca facilitar a vida de quem utiliza esse meio de transporte para se locomover”, afirmou André Kowaltowski, gerente de produto para o Google Maps, em evento realizado hoje em Santos (SP), cidade que, segundo dados do Denatran, tem 30% da sua frota de veículos composta por motocicletas.

Além da navegação customizada, é possível comparar a diferença de tempo estimado para rotas de carro e moto, o que possibilita que o usuário que tenha como optar entre os dois veículos escolha aquele que o levará até o destino de forma mais rápida.

“O novo recurso chega também como auxílio para milhares de profissionais que têm no veículo de duas rodas a sua ferramenta de trabalho”, diz Kowaltowski.

Viajar com segurança
Nos próximos dias, o Google Maps também lança no Brasil a função “Viajar com segurança”. Ela permite que o usuário seja avisado, caso o veículo saia da rota estipulada por ele, o que pode ser bastante útil para passageiros de táxi e aplicativos de carona.

Depois de pesquisar o destino e obter as rotas prováveis, o passageiro poderá habilitar a experiência selecionando as opções “Viajar com segurança” e “Alertas de desvio de trajeto”. Caso o motorista desvie mais de 500 metros da rota sugerida, o aplicativo enviará uma notificação ao usuário para mostrar a localização do veículo e comparar o trajeto que está sendo feito com o original.

Além disso, é possível compartilhar a viagem em tempo real com amigos e familiares para que eles acompanhem a rota e possam tomar medidas, se necessário.

 

[/read]

INSCREVA-SE NO CANAL DO YOUTUBE DO VIDA MODERNA

Veja também
99 lança programa de relacionamento para motoristas em São Paulo
Estudo revela que mais de 50% das motoristas de aplicativo são mães
Viajar sozinha de moto é possível!